Turismo: “eliminar as fraquezas do sector”

28/09/2016 08:17 - Modificado em 28/09/2016 08:17
| Comentários fechados em Turismo: “eliminar as fraquezas do sector”

turismo2O turismo tem sido um dos sectores de foco para o novo Governo, como forma de promover o desenvolvimento do País. Para marcar o dia, realizaram-se uma série de actividades na Cidade da Praia, presididas pelo Ministro Olavo Correia que mencionou as fraquezas que o País tem de eliminar para que o sector se possa desenvolver.

 

“Temos de eliminar as principais fraquezas do turismo cabo-verdiano, como a segurança, a requalificação urbana, o saneamento e a proliferação internacional do destino Cabo Verde, a captação de recursos humanos e a unificação do mercado”, afirma Olavo Correia. Estas são as áreas onde o Governo quer dar “uma máxima atenção nos próximos tempos”.

Para ultrapassar estas fraquezas, pede a união de esforços do Governo com o sector privado na promoção do destino. E a reavaliação do Plano Estratégico Nacional para o Turismo é uma necessidade, como adianta, onde é necessário redefinir e avaliar o plano Estratégico Nacional para o Turismo para procurar enquadrar as políticas públicas e, assim, ter um sector organizado e na promoção da liberdade do sector privado.

“O Governo tem um conjunto de medidas para serem aprovadas em matéria de afectação da taxa turística em função da receita cobrada nas ilhas turísticas para que possam ser focalizadas para as ilhas turísticas”. E a receita, como sublinha Olavo Correia, será direccionada para eliminar um conjunto de problemas a nível do saneamento, a nível da qualificação urbana e captação de recursos humanos. Estes investimentos, como adianta o Ministro, servem “para que Cabo Verde possa ser um país mais competitivo a nível de turismo e ter um turismo desenvolvido”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.