Bebé Nirvana recria icónica capa do álbum 25 anos depois

26/09/2016 09:15 - Modificado em 26/09/2016 09:15
| Comentários fechados em Bebé Nirvana recria icónica capa do álbum 25 anos depois

nirvana2O bebé que posou para a capa do álbum “Nevermind” dos Nirvana, há 25 anos, recriou agora a icónica imagem, enquanto adulto.

Spencer Elden tinha escassos meses quando os seus pais foram contactados pelo fotógrafo Kirk Weddle. Este pediu-lhes autorização para usar o bebé numa sessão fotográfica de uma famosa banda de rock. Spencer foi colocado nu dentro de uma piscina, com uma nota à sua frente, e alguns disparos depois estava feita a icónica capa do álbum “Nevermind”, dos Nirvana, que este sábado celebra 25 anos.

Para assinalar o aniversário, Elden, agora naturalmente com a mesma idade que o disco, decidiu recriar a famosa sessão fotográfica. Mergulhou numa piscina da Califórnia, EUA, e desta vez, embora não por vontade sua, fê-lo com calções.

“Eu disse ao fotógrafo ‘Vamos fotografar comigo nu’. Mas ele disse que seria estranho, por isso vesti os calções”, contou ao “The New York Post”, explicando que “o aniversário tem significado” para si. “É estranho que eu tenha feito isto durante cinco minutos quando tinha quatro meses de vida e que se tenha tornado numa imagem tão icónica”.

Embora tenha uma tatuagem com a palavra “Nevermind” no peito, Spencer não pode dizer que é um especial fã de Nirvana, uma vez que prefere bandas como The Clash. Já tentou conhecer os dois membros originais do grupo que ainda são vivos, Dave Grohl e Krist Novoselic, mas ainda não foi bem-sucedido.

nirvana“Fiquei um pouco chateado. Tentei contactar essas pessoas e nunca recebi uma chamada ou email”, explicou à revista “Time”. Frustrado por nunca ter recebido qualquer compensação monetária pelo seu contributo, Spencer tentou recentemente processar a editora Geffen Records, responsável pelo álbum, mas sem sucesso. “É difícil não ficar chateado quando ouvimos falar da quantidade de dinheiro que esteve envolvida. Cada vez que vou a um jogo de basebol, penso ‘Toda a gente neste estádio já viu o meu pénis de bebé’. Sinto que tive parte dos meus direitos humanos revogados”, concluiu.

A viver em Los Angeles com a sua mãe, Elden dedica-se sobretudo à arte urbana.

jn.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.