S.to Antão: Estragos feitos pelas chuvas preocupam a população

26/09/2016 08:15 - Modificado em 26/09/2016 08:15
| Comentários fechados em S.to Antão: Estragos feitos pelas chuvas preocupam a população

r-da-torreApós as chuvas em que a ilha de São Antão foi uma das mais fustigadas, relata-se que entre os dias 18, 19 e 20 de Setembro foi onde choveu com maior intensidade, algumas localidades ficaram isoladas devido aos estragos. Na estrada da Ribeira da Torre, abriu-se um buraco, situação que deixa muitos preocupados com a segurança.

 

“A chuva agora é que leva a culpa: desculpa lá mas se a estrada fosse bem-feita não aconteceria isso. Há chuvas fortes em todo o mundo, muito mais fortes do que essa. Se tivesse sido feito um bom trabalho, isso não aconteceria”, diz a internauta Maria, incrédula com a fotografia da estrada da Ribeira da Torre. O buraco nesta estrada provoca indignação nalgumas pessoas que, através das redes sociais, demonstram preocupação perante este estrago causado pelas chuvas.

A questão da segurança veio à tona e alguns dizem que estão incrédulos perante o que vêem, uma vez que parece montagem ou que a estrada foi feita de papelão. As culpas são atribuídas ao Governo, porém, Monteiro comenta que isto pode acontecer em qualquer parte do mundo onde ocorram chuvas torrenciais, logo adianta que isto não tem nada a ver com “politiquice”. Todavia, relacionado com política ou não, as pessoas sentem-se inseguras com este estrago e pedem a intervenção imediata do Governo para a sua reparação e questionam para quando as obras e Cátia diz: “Meu Deus, protege tanto os condutores como os peões nessa estrada, sabendo que ela não é iluminada. Agora resta saber quando é que a estrada irá receber obras. Espero que seja em breve porque a estrada ficou perigosa com o buraco”.

O Presidente da República interino, Jorge Santos, visita a ilha de Santo Antão hoje e amanhã para se inteirar sobre os estragos causados pelas cheias provocadas pelas últimas chuvas caídas na ilha, adianta a Inforpress. Jorge Santos será acompanhado pelos Presidentes das Câmaras Municipais da ilha, técnicos e delegados dos Ministérios da Agricultura e das Infra-estruturas e deslocar-se-á aos três municípios para tomar contacto com os sítios afectados pelas cheias, verificar os estragos provocados e os problemas causados às famílias e agricultores da região.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.