Santa Maria: incêndio destrói restaurante numa ilha onde os bombeiros precisam da autorização da ASA para actuar

26/09/2016 08:04 - Modificado em 26/09/2016 08:04
| Comentários fechados em Santa Maria: incêndio destrói restaurante numa ilha onde os bombeiros precisam da autorização da ASA para actuar

atlantisUm incêndio, destruiu  o restaurante Atlântis situado na praia de Santa Maria, Sal  perto dos hotéis Belorizonte e Salinas Sea. Segundo testemunhas oculares, o fogo deflagrou por volta das 00h30 de domingo. Uma hora depois  as chamas tinham consumido o restaurante sem que os bombeiros tivessem chegado ao local.

 

Testemunhas oculares dizem que tentaram por diversas vezes accionar os bombeiros da ASA, mas a ligação não chegava sequer a completar. Quando os  bombeiros apareceram, com dois camiões a destruição era total. Esta situação levou o investidor António “Patone”Lobo a dizer ao Asemana Online que este incêndio veio expor uma vez mais as fragilidades da cidade turística de Santa Maria.

Há cerca de um ano houve um incêncio no Hotel Belo Horizonte. Felizmente aconteceu durante o dia e as pessoas ajudararam a apagar as chamas. Mais recente, há coisa de três semanas, tivemos um incêndio na cozinha do Odjo d´Agua, também conseguimos extinguí-lo. Mas é preciso dizer que a ilha do Sal não tem bombeiros. Existem os bombeiros da ASA mas, para sairem do aeroporto, é muita burocracia. Têm de ser autorizados pela administração”.

Nas redes sociais outro investidor Arnold Vera-Cruz Soares publicou um video do incêndio e escreveu: “Que vergonha! Que desgraça! Que horror! Quase uma  hora a arder, mais de 14 explosões e a 50metros de centenas de turistas que aqui chegaram pra desfrutar da nossa morabeza e não da nossa ignorância, da nossa falta de senso e do nosso ’no stress’. Bombeiros? Não há! Proteção civil? Não há! Alguém que se preocupe por nós? Não há. Onde vão os milhares deixados nesta ilha?? A onde estão os partidos nesta hora? Custa-me presenciar uma falta de respeito para o nosso povo e para quem nos visita. Custa-me presenciar uma tamanha negligência dos governos, custa-me e custou-me ver um investimento ser transformado em cinzas por não haver ’protectores’ da nossa cidade e custará ainda mais sabendo que quem vive cá e nos visita, estará nas mãos de Deus e da ASA”.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.