Cheias deixaram Ribeira das Patas numa situação dramática

23/09/2016 08:11 - Modificado em 23/09/2016 08:11
| Comentários fechados em Cheias deixaram Ribeira das Patas numa situação dramática

estrada-chuva-situacao-dramaticaAs cheias que fustigaram nos últimos dias a ilha de Santo Antão deixaram a população da Ribeira das Patas, no interior do Porto Novo, numa “situação dramática” a clamar por uma intervenção urgente por parte das autoridades locais e centrais.

 

Quem o diz é o Presidente da Associação para o Desenvolvimento Integrado da Ribeira das Patas (ADIRP), Arlindo Delgado, indicando que essa localidade também está sem energia eléctrica e sem comunicações telefónicas desde terça-feira.

“A população da Ribeira das Patas está numa situação bastante complicada. Destacamos o caso dos habitantes da zona de Queimado, no Círio, que foram evacuados para o centro comunitário local, depois da inundação das suas casas”, adiantou Arlindo Delgado, que confirmou que há também famílias a passarem por privações de vária ordem.

“Fomos já contactos por várias famílias que necessitam de alimentos”, adiantou.

Arlindo Delgado alertou que “de uma forma geral, Ribeira das Patas está numa situação lastimável, que merece a atenção dos poderes local e central”.

Informou ainda que devido aos constrangimentos criados pelas cheias (vias cortadas), as aulas ainda não iniciaram na Ribeira das Patas.

Em todas as localidades do interior do Concelho do Porto Novo, há relatos de que os agricultores sofreram danos avultados e houve criadores que perderam parte dos seus animais.

A estrada principal que liga a cidade do Porto Novo à Ribeira da Cruz ficou parcialmente danificada estando, por isso, isoladas as localidades de Alto Mira, Ribeira da Cruz e arredores.

Tarrafal de Monte Trigo, Planalto Norte, Chã de Norte, Martiene são outras localidades que estão isoladas há vários dias do resto do Município, cujas populações já enfrentam carência de bens essenciais (alimentos e gás).

Inforpress

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.