Presidenciais: Joaquim Monteiro diz que possui vantagem esmagadora sobre os seus adversários

22/09/2016 08:14 - Modificado em 22/09/2016 12:34

joaquim monteiroCom uma semana de campanha, a candidatura de Joaquim Monteiro faz um balanço positivo, aliás conforme o mesmo garante, “extremamente positivo”.

 

De acordo com o candidato natural da ilha de São Antão, a sua candidatura tem um enorme avanço sobre as demais candidaturas e acredita firmemente na sua eleição para Presidente da República no dia 02 de Outubro. Garante uma vez mais que o seu lema de campanha, “Um candidato do povo com o povo e para o povo”, reflecte a sua ideologia política e que irá sair vencedora, mas a vitória será do povo de Cabo Verde.

Ex-combatente político, “Jack Monteiro” diz que em termos de deslocações, contactos porta a porta e do feedback que tem recebido nesses contactos, tem a certeza que irá ganhar o embate contra a candidatura de Jorge Carlos Fonseca, Presidente cessante e de Albertino Graça.

Com passagem pelas ilhas de Santo Antão, São Vicente, Sal, Fogo e Brava, Monteiro diz que tudo tem corrido na normalidade e, até ao momento, não teve nenhum constrangimento, o que mostra a aceitação da sua candidatura e que a realidade no terreno, as deslocações e o trabalho feito têm-lhe garantido uma vantagem esmagadora.

Portanto, até agora, já conta com a vitória. A confiança na vitória é tanta que assegura que isso só está a acontecer por não estar acoplado a nenhum partido e sim ser uma candidatura de cunho pessoal.

Joaquim Jaime Monteiro, 76 anos, é natural de Coculi, Ribeira Grande de Santo Antão, reformado e ex-combatente da Liberdade da Pátria. Concorre ao cargo de Presidente da República pela segunda vez. Em 2011 ficou pelo caminho na primeira volta das eleições ao obter apenas 2,1% dos votos.

Os seus adversários políticos na corrida ao Palácio do Platô são o Presidente cessante, Jorge Carlos Fonseca, que concorre para um segundo mandato e Albertino Graça, actual Reitor da Universidade do Mindelo.

  1. BADOXA

    Votaremos em massa no Albertino Graça para um maior equilibrio na governação de Cabo Verde durante os 5 anos porque sem o partido único o povo está a ver BLUE com todo o poderoso no poder o povo vai cantar Reggae nice e chorar Mamae velha.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.