Bombeiros de São Vicente querem mais condições: mais meios humanos, mais meios materiais

22/09/2016 08:12 - Modificado em 22/09/2016 08:12
| Comentários fechados em Bombeiros de São Vicente querem mais condições: mais meios humanos, mais meios materiais

Bombeiro-SVNuma altura em que as chuvas têm caído intensamente em São Vicente, a situação precária dos Bombeiros de São Vicente volta à tona, com a falta de equipamentos e meios humanos para prestarem socorro às pessoas necessitadas.

 

De acordo com o chefe dos piquetes, há muito que estão a reivindicar melhorias nas condições de trabalho da Corporação e essas exigências, que considera básicas no auxílio da população, não foram satisfeitas pelo que a Corporação está bastante insatisfeita com esta situação e, mais uma vez, exige a atenção de quem é de direito para resolver o problema.

O mesmo garante que já bateram em todas as portas, mas ninguém os acode, desde os partidos políticos passando pela Câmara até outras autoridades de direito mas, até agora, tudo continua na mesma.

A forma como são negligenciados é surreal, afirma João Paulo, que garante que querem trabalhar, mas não conseguem porque faltam muitas coisas para o exercício desta profissão. Apela, no entanto, uma vez mais, a intervenção da comunicação social para visitar o quartel dos “soldados da paz” em São Vicente e verem in loco a real situação da Corporação e mostrar à população que têm razão quando dizem que não têm meios necessários para trabalhar.

Afirma ainda que se continuarem assim, não serão capazes de prestar os serviços de socorro básicos à população.

Em relação aos equipamentos diz que neste momento, para além de outros equipamentos, os bombeiros precisam de capas de chuva, o que não têm e chegam ao ponto dos voluntários pedirem fardas à Polícia Nacional para poderem trabalhar

“Alguns de nós têm capas de chuva, mas nem todos, mas não se trata só das capas de chuva mas de equipamentos decentes, porque assim não é forma de um bombeiro se fardar”, desabafa.

Esta situação degradante, conforme explica, já foi denunciada inúmeras vezes. “Falámos com todas as pessoas possíveis, mas continua tudo na mesma”.

Diz ainda que devido a esta situação têm recebido muitos insultos de algumas pessoas. Este levanta os braços e diz que a culpa não é da Corporação que tem vontade de trabalhar, mas que lhes faltam meios. Querem apenas que sejam criadas mais condições.

São Vicente recebeu por estes dias muita chuva e a situação fica mais complicada, porque é muito elevado o número de chamadas para prestar socorro.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.