Praia: BAC detém grupo que obrigava jovens a prostituírem-se

22/09/2016 07:42 - Modificado em 22/09/2016 07:42

PROSTITUTIONA Brigada Anti-Crime (BAC) da Praia deteve um grupo de jovens com idade compreendida entre os 20 e os 22 anos sob suspeita de terem coagido adolescentes a prostituírem-se. De acordo com o Oceanpress, que não identifica a suas fontes «as menores eram obrigadas a prostituírem-se porque o grupo ameaçava matar os familiares».

 

Segundo o referido online, essa situação acontece há quase um ano na cidade da Praia. Os suspeitos mostravam primeiramente interesse pelas menores e, depois de ganharem a sua confiança, ameaçavam-nas e faziam chantagem, obrigando-as a manterem relações sexuais com eles e conseguindo coagi-las a prostituírem-se.

As chantagens aconteciam através de ameaças de morte aos familiares das vítimas, com o envio de fotografias que a quadrilha recolhia nas proximidades dos trabalhos dos pais ou nas escolas dos irmãos, por exemplo.

A Brigada Anti-Crime chegou até à quadrilha depois de uma menor de 15 anos, vítima desta quadrilha, ter resolvido, na quinta-feira passada, denunciar tudo às autoridades. Desde então decorrem as investigações.

Até este momento, várias adolescentes já foram ouvidas e ainda há mais a serem procuradas para prestarem depoimento.

Na esquadra da BAC os rapazes foram obrigados a facultar as palavras passe das respectivas contas usadas para a prática dos crimes e, segundo a nossa fonte, foi possível verificar cenas chocantes.

 

  1. LPM

    Para onde vai a cidade da Praia ? para onde vai Cabo Verde ? e passada esta vaga tudo irá parar ao princípio. Os delinquentes serão julgados e presos. Na prisão não lhes vai faltar NADA. Cumprido um terço da pena estes delinquentes saem e a actividade criminosa vai continuar em novos moldes.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.