Para três indivíduos que furtaram Ipad e Iphone

14/09/2012 01:46 - Modificado em 14/09/2012 01:46

O juiz de instrução criminal condenou três indivíduos com uma pena de prisão de seis meses, mas substituí-a por 10 dias de trabalho comunitário na CMSV. A condenação surgiu na sequência do furto de um Ipad e um Iphone, numa viatura na praia do Norte de Baía. Mas, espera-se que não hajam nem Iphones , nem Ipads  na CMSV… à mão

 

Os três jovens que furtaram um Ipad e um Iphone, pertencentes ao PCA da empresa de comunicações, TLC foram julgados pelo Segundo Juízo Crime. Os factos aconteceram na tarde de domingo, durante um passeio realizado por funcionários dessa empresa à praia do Norte de Baía.

Os arguidos depararam com os vidros do carro, da vítima semiabertos e aproveitaram a ocasião para levar os dois equipamentos, que estavam no interior dessa viatura. Ao deparar com o furto do Ipad e do Iphone, o proprietário accionou a Polícia Nacional.

O Corpo de Intervenção deslocou-se ao local e com ajuda de um localizador GPS encontrou os equipamentos na posse de três indivíduos, que residem na zona de Chã D´ Faneco. Os três jovens foram submetidos ao julgamento sumário, onde acabaram por confessar o crime.

Desta forma o magistrado proferiu a sentença e decidiu aplicar-lhe uma pena de seis meses de prisão, que foi substituída por 10 dias de trabalho comunitário na CMSV. De acordo com o juiz essa condenação tem o móbil de fazer com que os arguidos alterem a sua conduta no seio da sua comunidade. Mas espera-se que não hajam nem Iphones , nem Ipads  na CMSV…

 

  1. Amaro

    Boa, melhor do que dar-lhes 6 meses de ferias com tudo pago

  2. Luis

    Se fosse na Praia levavam um TIR.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.