Jorge Carlos Fonseca: “Uma ilha como a ilha da Brava precisa ter um olhar especial e particular”

21/09/2016 08:10 - Modificado em 21/09/2016 08:10
| Comentários fechados em Jorge Carlos Fonseca: “Uma ilha como a ilha da Brava precisa ter um olhar especial e particular”

jcfO candidato Jorge Carlos Fonseca visitou esta terça-feira, as ilhas do Fogo e da Brava. O Presidente cessante e candidato à sua própria reeleição, realizou contactos porta a porta nas freguesias de São João Baptista e de Nossa Senhora do Monte na ilha da Brava e presidiu um comício festa em São Filipe, ilha do Fogo. Durante os contactos com os eleitores, o candidato considerou que “uma ilha como a Brava precisa de ter um olhar especial/particular, com infra-estruturas mínimas para chegar a um patamar possível de competir com as outras ilhas”.

 

Jorge Carlos Fonseca mostrou-se preocupado com o desenvolvimento da ilha da Brava. Optimista no andamento da ilha, considerou que a Ilha das Flores deve acompanhar o crescimento evitando o afastamento e abandono do resto do País. “Uma ilha como a Brava precisa de ter um olhar especial/particular, com infra-estruturas mínimas para chegar a um patamar possível de competir com as outras ilhas”, pontua.

O candidato acredita que muito se pode fazer na ilha para que também seja procurada como referência por nacionais e internacionais. “Creio que a Brava tem condições, para além da pesca, para a prática de um turismo de ambiente e de saúde”.

O problema das ligações marítimas e aéreas é outra preocupação do candidato à Presidência da República. O mesmo falou do asfaltamento da estrada Furna/Nova Sintra, da construção do novo mercado municipal, da requalificação da praça Eugénio Tavares.

Na sequência das actividades de campanha, Fonseca seguiu para a ilha do Fogo onde presidiu um comício festa na cidade de São Filipe.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.