Poças de águas das chuvas preocupam

14/09/2012 01:42 - Modificado em 14/09/2012 01:42

Uma semana depois, ainda ,existem  vestígios das últimas chuvas que caíram em São Vicente. São algumas poças de águas que ainda resistem dentro e nos arredores do centro da cidade que tem a capacidade de deixar as pessoas  preocupadas. Fonte Meio, praça do Liceu Velho e Ribeira Bote, são três dos locais onde podemos encontrar poças.

 

O mau cheiro que criam e a preocupação com os mosquitos que provocam doenças são as razões  que as pessoas olham para estas poças com um olhar de poucos amigos. Falando com Patrícia Santos ,em Ribeira Bote, esta  diz que sempre que caí chuva a “água fica presa” e que vai secando devagar. E sempre cria mosquitos “porque em tempo de calor muitas pessoas costumam sentarem-se  nos bancos” que a câmara colocou quando fez a obra.

A água em frente do Liceu Velho faz com o “globo” parecer f mais bonito. Mas Dani Neves diz que não sabe se é bom ideia deixar a água parada por muito tempo, “já que passa muita gente e s criam-se mosquitos” como o da dengue. Esta é uma preocupação verificada sempre onde haja poças de água paradas. A ideia da doença é uma preocupação que ninguém põe de lado e como diz Dona Hirondina de Ribeirinha “todo o cuidado é pouco”.

 

  1. Pedro Clóvis

    Havia um programa de luta contra focos de mosquitos.
    Terá agora caído no esquecimento?
    E olhe que não apenas os mosquitos. São moscas e gafanhotos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.