Morreu Eduardo Fula “um dos desportistas mais completos da sua geração”

17/09/2016 10:36 - Modificado em 17/09/2016 10:36

eduardo-fula-1-149x195De acordo com Moacyr Rodrigues citado pela RCV, esta é uma morte que fecha uma geração de ouro do desporto em São Vicente, se não Cabo Verde. “Fecha a geração mais rica do desporto em São Vicente e de Cabo Verde”

Considerado um desportista eclético, Eduardo Fula era segundo Moacyr Rodrigues bom em todos os desportos que praticava.

Como futebolista representou de 1929 a 1954, apenas o Clube Sportivo Mindelense, clube fundado no mesmo ano do seu nascimento. Tendo destacado pela sua grande capacidade futebolista e classe no desporto, foi chamado aos 16 anos a representar a equipa principal, para substituir João Silveira (João Doia) depois de jogar nos infantis aos 10 anos. Em 1954 conquista o campeonato de São Vicente e foi treinador campeão regional e nacional por diversas vezes.

Foi jogador da selecção de São Vicente. Fez parte da equipa técnica de Cabo Verde dirigida pelo então treinador Du Fialho, no Torneio da zona 2, Taça Amílcar Cabral, no Mali.

Manuel Andrade, vulgo Eduardo Fula era um desportista eclético e muitas vezes o eclético não é bom em muita coisa, conforme Rodrigues, Eduardo fula era bom em todos os desportos que praticava. Relembra ainda da sua pequena convivência com o desportista no tempo que eram companheiros de golfe. “Tive a oportunidade de conviver com ele durante algum tempo, segui-o porque era companheiro de golfe, claro que havia outro da mesma geração que Eduardo Fula, o Florêncio, mas Fula era um dos maiores” afirma.

Para o autor, Eduardo Fula fez parte de uma geração grande de Cabo Verde, onde praticamente “não vejo ninguém dessa geração tão bom como ele”.

Foi sócio fundador do clube de golfe de são Vicente, tendo representado a selecção do clube contra equipas portuguesas, como jogador de cricket recebeu várias homenagens porque era um desportista exímio. No ano do 30º aniversário de independência foi condecorado pelo Presidente da Republica com a primeira classe da medalha de mérito, em reconhecimento pelo seu excepcional desempenho desportivo para o fortalecimento da harmonia e coesão nacional.

A sua última homenagem no desporto foi feita na época futebolística 2015/2016 na final da Taça de São Vicente pela Associação Regional de Futebol de São Vicente.

  1. Dje Guebara

    Descança em paz.

  2. manuel m. fernandes

    Infelizmente a cidade não o homenagiou. O salão nobre do Municipio podia e devia receber esse vulto da nossa Cidade.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.