“Alguns consumidores cabo-verdianos são oportunistas”

13/09/2012 02:13 - Modificado em 13/09/2012 16:53

A lei cabo-verdiana não obriga nenhum estabelecimento comercial a fazer devoluções, quando o bem ou serviço não apresenta nenhum erro de fábrica. Para o presidente da ADECO alguns cabo-verdianos são oportunistas.

 

Os estabelecimentos comerciais em Cabo verde não são obrigados a fazer devoluções, António Pedro Silva, presidente da Associação para Defesa dos Consumidores, ADECO afirma que “ nenhum estabelecimento comercial é obrigado a fazer devoluções por lei, a não ser que o produto apresente algum erro de fabrico devidamente constatado, o produto que não consta nenhuma avaria de fábrica não é da responsabilidade da loja.

Os consumidores cabo-verdianos têm que ter consciência e fazer boas práticas comerciais, para o presidente da ADECO “alguns consumidores cabo-verdianos são oportunistas têm muita esperteza e espirito de aproveitamento, porque muitos estragam o produto e vão levar de novo mesmo sabendo que não tem razão.”

“Todo o estabelecimento têm que ser devidamente identificado com um nome e sempre que qualquer individuo comprar devem entregar-lhe um talão de recibo para a garantia e protecção da própria pessoa e do estabelecimento. Isto para provar que produto foi comprado em determinada loja com data hora e dia”. Afirma o presidente da ADECO.

Silva defende que os consumidores devem ser mais activos e atentos verificando bem a qualidade dos produtos. Aconselha os compradores a experimentarem os produtos antes de os adquirir e a “ver várias lojas e a comparar os preços e as qualidades e comprar somente em estabelecimentos credenciado”. E lembra que “ os compradores tem sempre a opção de escolha”

Para o presidente da ADECO “a melhor arma é o próprio consumidor que tem que lutar com muitos sacrifícios, quando violado os seus direitos dirigir a ADECO e fazer a denúncia, será uma luta difícil mas no final se o consumidor tiver razão os problemas serão resolvidos”.

  1. ouvinte_s.Vicente

    Oportunista é bô é k já voltá rico ne custa de ADECO.
    para o publico adeco nunca faz nada.
    ADECO ADECO nunca nada foi revolvido nem a nivel da electra nem dos tacv etc.
    VAi ti katar tonecas

  2. Martinho

    Há dias vi na TV, um alto responsavel da Electra afirmar que ele garante a qualidade da água distribuida pela empresa, na cidade da Praia. O tal responsavel, ou não conhece o serviço que prestam, ou deliberadamente está a mentir à população. Agora, ja que ele garante a qualidade e a ADECO não faz nada e como sempre é só conversa por parte deste senhor, gostaria de desafiar estes senhores à publicamente beberem e comerem utilizando essa mesma água acastanhada q é distribuida.

  3. Nene Pinto

    Devia haver mais fiscalizaçao nos estabelecimentos comercias.
    Estive de ferias em S.Vicente durante dois meses e verifiquei que, nas prateleiras de dois minimercados, estavam expostos para venda, garrafas de vinho branco, cujos conteudos já estavam deteriorados.
    Não é preciso seu nenhum especialista para saber se o vinho branco, mesmo estando dentro da garrafa, está ou não estragado. Basta verificar a cor do liquido.Se o liquido tem uma cor amarelada, é porque o vinho ” já deu a volta” .

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.