Presidenciais: O PAICV vai dar liberdade de voto aos seus militantes

12/09/2016 08:33 - Modificado em 12/09/2016 08:33

voto10O PAICV vai dar liberdade de voto aos seus militantes nas eleições presidenciais de outubro, depois de não ter surgido nenhuma candidatura na sua área política.

 

A decisão foi anunciada hoje, numa conferência de imprensa, em que o dirigente nacional Rui Semedo deu conta das principais decisões da reunião da Comissão Nacional do partido, que quinta-feira se reuniu para analisar os resultados das eleições autárquicas do passado domingo.

“A CP apreciou a questão das presidenciais e decidiu pela liberdade de voto dos seus militantes simpatizantes e amigos”, adiantou Rui Semedo.

Questionado pelos jornalistas sobre o “vazio de candidatos do PAICV” nas eleições presidenciais, Rui Semedo considerou que “seria bom que o PAICV tivesse um candidato da sua esfera”.

“Não emergiu uma candidatura da sociedade civil que envolvesse o PAICV e atribuísse mais responsabilidade ao PAICV. Não havendo, o PAICV decidiu pela liberdade de voto. O que é normal”, disse.

Sublinhou ainda que as três candidaturas às eleições presidenciais – a do atual presidente Jorge Carlos Fonseca, a do reitor da Universidade do Mindelo Albertino da Graça e a do veterano da luta pela independência Joaquim Monteiro – valorizam a função presidencial, considerando que proporcionarão um momento de debate de como exercer a magistratura presidencial.

Rui Semedo escusou-se contudo a comentar o que esteve na origem da falta de um candidato da área política do PAICV.

As eleições presidenciais em Cabo Verde realizam-se a 02 de outubro.

Lusa

  1. atento de s.vicente

    Sr. Albertino Graça não gasta o teu dinheiro nada em campanha . DESISTA DESSA CANDIDATURA PORQUE como ves o MPD ganha tudo e todos estão com a cabeça voltada para o MPD

  2. djoblass

    Running out of gas

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.