Suicídio: Cerca de cinquenta pessoas morrem por ano em Cabo Verde

12/09/2016 08:07 - Modificado em 12/09/2016 08:07
| Comentários fechados em Suicídio: Cerca de cinquenta pessoas morrem por ano em Cabo Verde

suicidio1Neste fim-de-semana assinalou-se o Dia Mundial da Luta Contra o Suicídio, com vigílias em diversas praças do País. Em São Vicente, alguns locais aderiram a esta causa.

 

De acordo com a associação de doentes mentais ‘A PONTE’, o suicídio em Cabo Verde está entre as principais 10 causas de morte no País.

Daniel Ferreira acredita que estas mortes são passíveis de serem prevenidas. “Previne-se também através da identificação precoce dos problemas mentais que estão associados ao suicídio”.

Este responsável garante que cerca de 90% dos casos de suicídio têm uma relação muito próxima com as doenças mentais, em particular com a depressão, ainda que, por outro lado, problemas relacionados com o uso de álcool e drogas também têm uma relação próxima com o suicídio.

“Se estes problemas fossem abordados correctamente poderíamos prevenir o suicídio”, assegura.

A prevenção deste problema que é considerado de saúde pública, passa também pela comunicação, adianta. “Também vamos ter de ser capazes de comunicar eficazmente, de forma responsável. Não devemos ter tabus e devemos conversar sobre a matéria, mas é claro que se deve ter cautela na abordagem do tema”, esclarece.

O essencial também é o de se dever ser capaz de tirar lições das pessoas que conhecem o suicídio por perto. Pessoas que tentaram o suicídio e sobreviveram poderão ajudar, poderão dar elementos que “nos ajudarão a prevenir o suicida, bem como ser capazes de cuidar daqueles que tentaram o suicídio e sobreviveram e estão num estado de sofrimento, que têm tendências suicidas para que não sejam efectivadas e dos enlutados dos suicídios”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.