Soulj: DedicaSom é o primeiro trabalho a solo

7/09/2016 08:13 - Modificado em 7/09/2016 08:13
| Comentários fechados em Soulj: DedicaSom é o primeiro trabalho a solo

soulj“DedicaSom” será o primeiro trabalho do rapper mindelenses, Soulj. Membro do grupo Rap Soldiers, também de São Vicente, o jovem já tem pronto o seu trabalho que ficará disponível ao público em finais de Setembro.

 

“A ideia de fazer um trabalho a solo surgiu depois do lançamento do trabalho do grupo em Dezembro. Fizemos alguns shows e decidimos que cada membro do grupo iria focar-se e lançar um próprio trabalho a solo, para testar a capacidade de cada um de forma individual”. Desta forma, os membros dos Rap Soldiers têm trabalhado de forma individual para que cada um tenha um trabalho pessoal. Mas sublinha que o conjunto ainda existe.

O trabalho “DedicaSom” é uma junção de palavras que traça o objectivo do trabalho. “A palavra dedica, vem da dedicação que coloco no trabalho. Dedica, também representa uma dedicatória porque cada música retrata a história de uma pessoa ou é dedicada à pessoa que vai ouvir as minhas músicas. E o som é a forma como trago este trabalho através da música”.

O jovem artista diz que o trabalho tentou abranger todas as camadas e faixas etárias com música que os jovens vão gostar, mas em que os adultos também se podem identificar. Os temas vão desde a música de homenagem aos pais, à pedofilia, à violência baseada no género, love songs e músicas acerca do sistema.

Com a diversificação de temas, Soulj, acrescenta que também tentou não tocar as músicas no mesmo ritmo pensando nos mais diversos palcos que podem surgir. “Se subir para cantar, por exemplo, num ambiente de tenda electrónica que tem um vibe diferente, tenho músicas para este tipo de palco. E também se for chamado para um palco tipo salão, tenho músicas que se podem adaptar a este tipo de palco.

Ainda a trabalhar nos últimos retoques, diz que não coloca a fasquia do seu primeiro trabalho muito alta, mas cada música que faz, juntando as participações com outros artistas, diz que vem conquistando o seu público. Neste sentido, a perspectiva “é lançar um bom trabalho para conseguir conquistar o público. A garantia é que vou trazer um bom trabalho”.

Essa certeza, como justifica, é baseada na máxima de que antes dos outros gostarem do teu trabalho tens de gostar do que fazes primeiro. “E tudo o que tenho feito, tenho gostado. As participações nas músicas são estudadas. E as participações já gravadas ficaram todas muito boas. Mediante o que eu sinto, o sentimento do meu manager e do estúdio onde gravo, todos têm dado um feedback bastante positivo. Depois, vem a análise das pessoas e estou aberto a aceitar todas as críticas”.

O trabalho vai ter doze faixas e contará com participações como Kiddye Bonz, Hélio Batalha, Bang Star entre outros artistas mindelenses e salenses.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.