São Vicente: Está tudo pronto para a eleições autárquicas

3/09/2016 11:07 - Modificado em 3/09/2016 11:07
| Comentários fechados em São Vicente: Está tudo pronto para a eleições autárquicas

votoA delegada da Comissão Nacional de Eleições (CNE), em São Vicente, Júlia Reis, considerou hoje que está “tudo a postos” para a realização do escrutínio autárquico de domingo, 04, estando “garantido o bom andamento” do processo.

A novidade para estas eleições, segundo a mesma fonte, é a contratação, pela CNE, de 45 fiscais que terão a missão de vigiar, no perímetro de 500 metros que circunda as assembleias de voto, “determinados comportamentos” que possam pôr em causa o andamento do processo de votação.

Ao lado da Polícia Nacional (PN), indicou, os ficais serão distribuídos pelas assembleias de voto “onde há maior incidência de perturbações”, segundo verificação de processo anteriores, garantindo que a maioria das 140 assembleias de voto estará coberta.

Os fiscais têm a missão, segundo a mesma fonte, de apoiar os presidentes das assembleias de voto e fazer a ponte entre estes, a PN e a CNE, bem como ter atenção em “determinados comportamentos” que possam pôr em causa o andamento do processo de votação e, “fundamentalmente”, impedir a “boca de urna”.

“O que queremos é que cada cidadão eleitor vote em consciência e expresse livremente o seu direito de voto”, precisou a delegada da CNE, que informou ainda que os materiais de votação já estão na ilha e que este sábado será feita a sua distribuição aos presidentes das mesas.

Júlia Reis indicou que estarão envolvidos 850 pessoas nas mesas de voto, sendo quatro efectivos, dois suplentes, por mesa, e aproveitou para apelar à comparência dos suplentes às 07:00 nas assembleias, pois, avançou, a mesma responsabilidade dos efectivos na constituição das mesas abrange também os suplentes.

Por outro lado, dados da CNE indicam que, através da votação antecipada, 94 reclusos da Cadeia Central de São Vicente, de um universo de 108 inscritos, exerceram seu direito de voto e que, nas classes profissionais abrangidas pelo direito ao voto antecipado, apenas um jornalista concretizou o voto.

Em São Vicente estão inscritos 51.223 eleitores, 141 dos quais estrangeiros, distribuídos por um total de 140 assembleias de voto em toda ilha.

Da tabela divulgada pela CRE-São Vicente, a que a agência Inforpress teve acesso, constata-se que a zona do Monte Sossego é aquela que mantém o maior número de eleitores inscritos nos cadernos eleitores, 6.305, e o maior número de mesas de voto, 16.

Logo a seguir vem a localidade da Ribeirinha, com 4.860 eleitores e 12 mesas de voto, e Bela Vista/Pedreira e Chã de Alecrim, com 3.945 e 3.850 eleitores cada, respectivamente, e o mesmo número de mesas de voto, 10.

No polo oposto, a zona de Norte de Baía é aquela que apresenta o menor número de eleitores, 58, reunidos numa única mesa de voto, seguida de Madeiral, com 207 eleitores e Lameirão com 247, igualmente numa única mesa de voto cada.

Concorrem ao escrutínio autárquico de domingo, 04, em São Vicente, a União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID), com António Monteiro como candidato a presidente da câmara, Movimento para a Democracia (MpD), com Augusto Neves, e Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), com Alcides Graça.

 

Inforpress

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.