Augusto Neves promete placa desportiva para a zona de Espia

25/08/2016 08:14 - Modificado em 25/08/2016 08:14

augusto nevesNão é novidade nenhuma que há muito tempo a zona de Espia reivindica a construção de uma placa desportiva na região. Augusto Neves, durante o comício festa desta terça-feira em Cruz/Espia, afirmou que está ciente dessa dívida para com os jovens da localidade e, por isso, estiveram no terreno durante algum tempo, um engenheiro e um arquitecto à procura do local mais apropriado para a construção do espaço desportivo.

 

Porque para o ex-autarca mindelense e candidato à sua própria sucessão, “fazer uma placa desportiva não é nada do outro mundo, mas tem de haver um local apropriado para que o trabalho seja feito”.

Neves disse durante a sua intervenção que a CMSV depois de ter acedido ao pedido, fez também uma proposta a um grupo de jovens organizados da zona para que, como conhecem melhor o lugar, procurem aquele que seria o melhor espaço para a construção da placa e avisassem a Câmara de forma a dar seguimento ao projecto. “Assim que disserem onde, mandaremos resolver este problema”, assegura.

Para Neves, a maior preocupação da sua candidatura é a juventude ter espaços de lazer, ter equipamentos sociais em todos os bairros onde os jovens possam ter uma ocupação, onde, em vez de seguirem por maus caminhos podem pensar na própria saúde, numa ocupação e garante que vai trabalhar neste sentido. “Vamos trabalhar neste sentido”.

Neves diz que quer criar espaços na zona para trabalhar no turismo, como por exemplo, quer trabalhar com os jovens no sentido de levar para a zona turistas para o convívio com a população. Além de criar caminhos e vias para levar turistas para as praias, nomeadamente a praia de “Jon D´ebra” que fica na parte de cima da zona.

Estas são algumas das promessas feitas à zona, além daquela que é a bandeira da sua candidatura: a reabilitação de casas com problemas de tectos. Esta é uma das outras preocupações de Neves que quer, como tem vindo a afirmar, trabalhar para que as famílias, as pessoas em geral, tenham boas condições de vida. Relembra ainda que com o projecto “Isdá compo bó casa” foram requalificadas muitas casas, mas que, devido à actuação do anterior Governo foram obrigados a cancelá-lo devido à falta de verbas. E reafirma que com este novo Governo em parceira com a Câmara de São Vicente, isso vai mudar.

Diz ainda que durante o seu mandato muitos jovens de Espia foram ajudados a pagar propinas durante vários anos para que conseguissem continuar os estudos.

Hoje, a candidatura de Augusto Neves estará na zona de Ribeira Bote.

  1. SONCENTE Ê D’NÔS

    NÔS VOTE É NA QUEM? NA UCID. Augusto Neves só pensa nas pessoas no momento de pedir votos; Ele dá atenção apenas aos empresários e estrangeiros. Toda a extensão de terreno vendida a COPA,SA e a Empresa Armando Cunha em Santa Filomena e aos Italianos mafiosos no alto de Pombas Brancas, para especulação em mercado negro, daria para lotear e vender centenas de cidadãos mindelenses que todos os dias estão a porta da Câmara Municipal de joelhos, solicitando um pedaço de terreno. S.Vicente é de todos os Sanvicentinos e não apenas para os grandes espresários e estrangeiros.

  2. Emi

    Na fonte dximxim. cara com Telekom.. Aqel kintal cheio de CONTENTOR enferrujados…com aquela Casa no meio q parece uma Igreja Abandonada..com um quintal a derrater no SOL..essa casa nao da com a Zona..Arquitetura muito feio nessa ZONA…

  3. Eduardo Oliveira

    O que é isso de placa desportiva.Mais uma promessa de vento que nem assopra. Guste vai esquecer assim como esqueceu a lingua da ikha que quer defender. Para Câmara precisa-se de um “fidje de terra”, ou melhor dito, quem se ocupe realmente dos interesses da cida/ilha votada ao esquecimento para ser reduzida a um “foi”. Gusto està “Djunto ku sis amigus” e pouco se preocupa com a ilha onde foi eleito. Jà deu provas cabais de beneficiar o seu partido e enriquecer o seu curriculo.
    Para Cabo Verde sim mas para partidos… NÃO !!!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.