Augusto Neves pede maioria absoluta

24/08/2016 08:33 - Modificado em 24/08/2016 08:33

augusto nevesEm mais um comício festa do MpD, desta vez na zona de Vila Nova/Lombo Tanque, Augusto Neves reafirmou o compromisso de continuar a trabalhar para o desenvolvimento de São Vicente. Para que isso aconteça, Neves pede à população a maioria absoluta para poder governar de “forma a ajudar a resolver os problemas da ilha”, afirmando que há quatro anos foi-lhe confiada a tarefa de trabalhar por São Vicente e fê-lo, e hoje, pede a continuidade dessa confiança depositada na sua equipa nos últimos quatro anos.

 

Este destaca as obras efectuadas na zona como a construção do Centro de Acolhimento para os doentes mentais, o calcetamento de várias ruas e melhorias na estrada de acesso a Cruz de Papa.

A par das dificuldades enfrentadas ao longo do mandato, Augusto Neves assegura a sua tranquilidade já que, conforme explica, em todas as zonas da ilha foi possível fazer algo para melhorar a sua situação. Reconhece, no entanto, que poderia ter feito mais, mas não foi possível devido ao governo anterior que não tinha visão para São Vicente, explica.

Para além disso, continua a priorizar durante as suas intervenções que o seu grande objectivo é a construção de habitações sociais, bem como a requalificação de moradias, através da legalização das casas de lata na parte de cima da zona.

Prometeu ainda o Miradouro em “Cruz de Papa”, cujo projecto existe e só está à espera de condições para o implementar.

João Gomes, coordenador do MpD em São Vicente, na sua primeira intervenção nas autárquicas, reafirmou o que tem sido debatido nos últimos dias, sobre o compromisso do Governo para com a ilha. Esta, segundo o coordenador do partido ventoinha, é uma oportunidade que não deve ser desperdiçada, e pede a continuidade de Neves à frente da autarquia local.

Destaca ainda o trabalho feito pela ex-Presidente da Assembleia Municipal, Celeste Fonseca e acredita na capacidade de Fernanda Vieira à frente da AM.

Ainda antes de terminar fez uma comparação entre São Vicente antes e depois de Isaura Gomes e Augusto Neves afirmando que podem criticar à vontade, mas devem assumir que fizeram muito pela ilha do Monte Cara, e que não fizeram mais devido ao anterior Governo.

Para João Gomes, Neves tem toda a legitimidade em pedir mais um mandato à população de São Vicente, porque assumiu o governo da Câmara de São Vicente num momento difícil. “Já deu provas que vai cumprir as suas promessas de campanha”.

Destaque ainda para Fernanda Vieira que pretende, caso seja a próxima Presidente da AM, contribuir para o desenvolvimento de São Vicente nesta nova era. “São Vicente é uma ilha cidade cheia de potencialidades que tem vivido com muitos problemas, mas com muita luta. Este é o momento de Soncent”, afirma alegando que será uma Presidente proactiva.

  1. CIDADÃO MINDELENSE

    MAIORIA ABSOLUTA!!! Os cabo-verdianos devem perceber que maioria absoluta não beneficia os cidadãos. Beneficia sim quem está a governar, mas é uma “desgraça” para a população. Maioria absoluta não dá espaço para negociações entre as forças políticas. O Partido no poder governa com a concepção de “QUERO, POSSO E MANDO”. Para dizer que nesta matéria os Portugueses e os Espanhóis foram inteligentes na votação.

  2. Mitnelav

    Boa tarde
    Só quero deixar um reparo.
    Vejam se mudam o lugar de fazer comício festa na zona de Vila-Nova Lombo Tanque porque na minha opinião na fica bem tendo em conta que ali bem perto esta os doentes mentais cujo o nome diz tudo e merecem todo o respeito. Continuando nessa linha peço a quem de direito de ver o estado deles porque já tiveram dias melhores sem estar a apontar dedo a ninguem

  3. José Manuel de Jesus

    Pedir maioria absoluta para ganhar alguns votos. Manobra de diversão.
    Seja como for, votar no partido que prometeu a Regionalização e dà à capital o Estatuto Especial é mangar com a gente. Jà fazem tudo o que querem e se tiverem o absoluto podemos ir campar no 18-2-8

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.