Aumento número de caça as tartarugas na ilha do Sal

23/08/2016 09:18 - Modificado em 23/08/2016 09:18
| Comentários fechados em Aumento número de caça as tartarugas na ilha do Sal

tartarugaCom a época da desova, muitas tartarugas estão a ser caçadas na ilha do Sal, uma situação que tem alarmado muito os ambientalistas que pedem a colaboração das pessoas e das autoridades para acabar com esta atrocidade.

De acordo com Rosineida Lima, da Biodiversidade, as pessoas estão a atacar apenas nas praias onde as patrulhas são feitas de forma esporádica. Conforme explica, este ano o número de tartarugas que saem nas praias é maior e, consequentemente, a apanha também.

“Nas praias onde temos feito patrulhas não tem havido caça ao animal porque estamos a tentar cobrir a maior parte da praia Sofia, mas nas outras, sempre que aparecemos damos conta de uma situação horrível, com muitas carapaças de tartarugas mortas”, disse à RCV.

Esta é uma situação preocupante, porque além de matar os animais pela carne, ainda foram encontradas tartarugas simplesmente voltadas de costas, o que mostra que as pessoas não se importam com o que acontece aos animais quando são deixados de forma tão vulnerável.

“Às vezes, encontramos os animais apenas virados, não estão mortos, talvez seja uma pessoa só e porque tem muita carne e não tem como carregá-los deixa-os ali”.

Até agora, já foram encontradas sessenta e duas carcaças de tartaruga.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.