UCID: isentar taxa de recolha do lixo e descentralizar o poder

22/08/2016 08:32 - Modificado em 22/08/2016 08:32

UCIDA UCID continua a sua campanha na perspectiva de ser uma alternativa à actual edilidade. A campanha do partido tem mirado a demonstrar as soluções que tem para a ilha no caso de ser eleito no próximo dia 4 de Setembro. No fim-de-semana, o partido fez contactos e passou a mensagem aos eleitores demonstrando a razão pela qual a UCID é opção para a CMSV.

A mensagem do partido centrou-se na forma de aproveitar as promessas do Governo para ilibar os cidadãos das taxas e ainda, como descentralizar o poder autárquico nas zonas. A UCID, através do seu candidato António Monteiro, promete eliminar a taxa de recolha do lixo actualmente paga pelos cidadãos. Esta medida tem em consideração o facto que “o Governo prometeu aumentar os recursos para São Vicente através da taxa ecológica e do turismo” e, neste sentido, diz que vai eliminar a taxa.

A forma de governo da CMSV de Augusto Neves é um ponto de crítica da UCID pois, na sua óptica, todos os aspectos de governação da Câmara estão nas mãos do Presidente. Neste sentido, António Monteiro traça o perfil do Presidente que a ilha necessita. “É preciso que o Presidente da Câmara tenha conhecimento, humildade e não seja arrogante e deverá ser uma pessoa com vontade de ajudar”.

Para Monteiro, o último Presidente foi uma pessoa “acima do seu ego e petulância e que despreza tudo e todos dentro da Câmara e do seu próprio partido”. Para a UCID, Neves não dá garantia de ser um Presidente que possa trazer mais alegria e mais felicidade.

Constatando a visão que tem de uma Câmara centralizada, propõe uma forma de descentralizar o poder autárquico. “É uma forma de descentralizar o poder que foi instituído na Câmara, onde o Presidente tem poder até para autorizar um carro para fazer a recolha do lixo”.

Para Monteiro, a candidatura da UCID quer “demonstrar que é possível ter uma Câmara mais bem gerida, que sirva a população e, acima de tudo, que funcione da melhor forma”. Isto porque, para Monteiro, São Vicente quer uma Câmara que seja capaz de resolver os seus problemas.

  1. UM VOTO CONSCIENTE

    Nha vote, bo vote e vote d’nôs tud ê na quem? NA UCID. Dia 4 de Setembro ká bo fká na casa. Bá dá kel vote n’UCID.

  2. dezoite

    Osr antonio devia ezigir aumento da taxa de saneamento para aumentar salarios dos foncionarios de limpeza epedir ao governo que retire imidiatamento a taxa de aluguer de contador na electra tambem ezigir que a iluminaçao publica seja reposta no madeiral ,calhau que so acendem nos momentos de campanha

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.