Bairro da Boa Esperança no centro das atenções dos candidatos na Boavista

22/08/2016 08:28 - Modificado em 22/08/2016 08:28

Barraca-BVNa primeira semana de campanha, os candidatos à Câmara Municipal da Boavista voltaram as suas atenções para o Bairro da Boa Esperança. Os candidatos tiveram a oportunidade de visitar o local e expor a visão que têm para o bairro e como tencionam mudar a vida das pessoas que vivem nas barracas.

José Luís Santos, lidera o Grupo Independente Basta e adianta que o partido pretende dignificar o bairro com as condições mínimas para que os moradores se possam sentir dignificados. “Gente humilde, trabalhadora que vive em condições sub-humanas” e pretendem agora levar os principais itens para melhorar as condições de vida das pessoas.

“Este bairro tem de ter esgoto, energia e tem de ser, de facto, requalificado para que possa dar dignidade às pessoas que estão desenvolvendo a ilha da Boa Vista”, reitera José Luís Santos, que acrescenta que em caso de ser eleito, pretende levar todos os serviços necessários para este bairro.

Aponta como objectivo principal, a legalização do bairro para que as pessoas possam legalizar as suas casas.

José Henrique, candidato do PAICV, demostra também a sua preocupação para com o Bairro da Boa Esperança e a zona de barracas. A primeira proposta é a alternância de poder, visto que o MpD tem governado a CMB. Sobre o bairro, diz que a sua equipa “está preparada para resolver os problemas existentes do saneamento, da água e da eletricidade”.

A época das chuvas é uma preocupação mas diz que querem resolver todos os problemas e que “o bairro terá um papel importante no desenvolvimento da ilha. Temos de aproveitar todo este potencial, não somente a mão-de-obra, mas também dando condições para que as pessoas possam viver da melhor forma”, afirma José Henrique.

José Pinto, candidato do MpD à sua própria sucessão, tem Barraca no centro das atenções, segundo quanto afirmou durante a visita ao bairro. Aposta na parceira com o Governo para reabilitar o Bairro da Boa Esperança.

“Com a cedência do terreno pelo anterior Governo, foi assinado um protocolo que previa a demolição de algumas moradias, a realização de arruamentos e a disponibilização de energia e água. Em 2017, o bairro vai ser prioridade da Câmara e do Governo. O que ficou no acordo é que as pessoas irão ser alojadas no projecto ‘Casas Para Todos’ enquanto decorre a reabilitação.

O pedido de Pinto é a renovação do mandato para levar em frente os projectos que tem para a ilha.

  1. Dje Guebara

    A tactica dos politicos, sempre prometem e nunca resolvem nada. Desgraciado aquel que creem nos politicos.( Porque a politica è uma arte de aqueles que não podem triunfar em privados.) Qualquer pai que näo deu seu filho uma boa preparação contrubuiu para que o filho fosse um politico ladrão. He dicho.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.