Monteiro questiona a edilidade sobre os planos urbanísticos de São Vicente

18/08/2016 08:23 - Modificado em 18/08/2016 08:23

António-Monteiro-6Tendo o Éden Park como pano de fundo, o candidato da UCID, António Monteiro, revelou mais uma preocupação do partido. “O Éden Park é um edifício emblemático e que já foi uma das referências a nível de São Vicente e de Cabo Verde. Hoje trata-se de um elemento que caracteriza o que é o urbanismo em São Vicente”.

A preocupação da UCID, como expõe Monteiro, é que à semelhança do Éden Park, existem outros edifícios na ilha que vão sendo dia a pós dia ceifados, porque não existe o cumprimento da lei neste Município, como afirma.

“E o facto de não existir uma lei que obrigue que o património arquitectónico, urbanístico e cultural de São Vicente seja mantido, isso leva à procriação de monstros (edifícios abandonados) que vão danificando a nossa cidade”.

Neste sentido, o líder da UCID lança algumas perguntas sobre o paradeiro do Plano Director Municipal e do Plano Urbanístico Detalhado. “Se não tivermos estes planos a funcionar, se não tivermos as directrizes de forma clara para que a ilha de São Vicente seja salvaguarda, o seu património cultural e urbanístico perde-se”.

Para Monteiro, sem estes planos dificilmente a ilha terá uma oportunidade de fazer valer a sua história e de a apresentar àqueles que a visitam, nomeadamente, os turistas. “Queremos saber de forma clara quais as razões para não haver estes instrumentos valiosos para que o urbanismo em São Vicente possa ser levado em conta e evitar as atrocidades que vão acontecendo”.

Estas críticas surgem uma semana após o mesmo candidato ter questionado a edilidade sobre o montante que era destinado a fazer a cerca da lixeira municipal.

  1. POR CABO VERDE

    Votem no Partido de Rosto Humano. Votem no Partido solidário com o Povo. Votem UCID.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.