Cientistas desenvolvem tatuagem que controla o telemóvel

16/08/2016 09:46 - Modificado em 16/08/2016 09:46
| Comentários fechados em Cientistas desenvolvem tatuagem que controla o telemóvel

tatuUm grupo de estudantes do MIT, em parceria com a Microsoft, desenvolveu uma tatuagem temporária que permite usar a pele como um “touchpad” ou como o ecrã tátil de um smartphone.

A tecnologia ainda não foi apresentada na totalidade ao público, mas os cientistas do Instituto de Tecnologia do Massachusetts (MIT, na sigla em inglês) já divulgaram alguns dados interessantes sobre as possibilidades desta inovação.

A tecnologia DuoSkin permite desenhar circuitos em folha de ouro (por ser um material com alta condutividade e resistência) na pele, ao qual são acrescentados outros componentes para tornar a tatuagem interativa.

Cindy Hsin-Liu Kao, estudante de doutoramento do MIT Media Lab, afirma que este projeto responde ao interesse do público nas tatuagens, acrescentando funcionalidade a uma afirmação de moda. “Pode facilmente mudar e editar a sua aparência quando quiser”, afirmou num vídeo de apresentação, salientando que a estética do produto se baseia no aspeto “metálico, parecido com peças de joalharia das tatuagens contemporâneas”.

Os investigadores apresentaram três hipóteses de utilização deste novo produto, enquanto se faz uma “afirmação de estilo pessoal”.

A pele pode ser usada como interface com um dispositivo móvel – como um tablet ou um smartphone – para atender chamadas ou navegar no aparelho.

Uma segunda utilização da Duo Skin remete para um sensor de temperatura corporal, que alerta o utilizador para um aumento ou decréscimo excessivo.

A sua pele poderá também tornar-se num dispositivo de armazenamento de dados, que serão transferidos com tecnologia NFC.

jn.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.