UCID questiona Augusto Neves sobre montante para vedar lixeira municipal

11/08/2016 07:40 - Modificado em 11/08/2016 07:40

lixeira municipal de São VicenteA lixeira municipal de São Vicente foi o cenário escolhido pelo Presidente e candidato da UCID para as autárquicas, para questionar a edilidade e o seu Presidente sobre a situação do espaço e a razão pela qual a lixeira não está vedada, depois do mesmo ter afirmado que foi disponibilizado um montante do fundo do ambiente para vedar o espaço e evitar o acesso à lixeira. O espaço, neste momento, está sem vedação, é de fácil acesso a mulheres, homens e crianças que procuram o seu dia-a-dia.

“Temos o projecto que foi apresentado para o Fundo do Ambiente e o dinheiro foi disponibilizado à Câmara Municipal no valor de oito mil contos, para termos este espaço vedado e impedir, principalmente, que as crianças tenham acesso a este espaço e não foi feito”, afirma António Monteiro.

Nesta sequência e levando em conta que foi disponibilizado o montante de oito mil contos para vedar o espaço, o mesmo questiona Augusto Neves “onde pára este montante de oito mil contos” e a razão pela qual o espaço continua ainda de livre acesso às pessoas?

Para Monteiro, a lixeira é um cenário que Augusto Neves classifica como “óptimo e normal para a ilha em termos ambientais”. Da leitura de Monteiro, Augusto Neves “dá a impressão que se preocupa mais com a aparência do que procurar condições para resolver os problemas ambientais de São Vicente”.

  1. JOAO

    A UCID começa a “lavar as roupas sujas” mas depois das eleições é este mesmo Partido que vai juntar com o MPD na Câmara para validar as suas propostas. António Monteiro sabe que Augusto Neves vendeu duas extensões de terreno em Santa Filomena, às empresas Armando Cunha e COPA, SA, mas não pronunciou sobre o assunto.Os terrenos seriam transvertidos em centenas de lotes para as familias que todos os dias estão de joelhos na porta da Câmara Municipal a procura de terreno.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.