Morte de Dulce Horta: Empresário, enfermeiro e mecânico também suspeitos

11/08/2016 07:32 - Modificado em 11/08/2016 07:32
| Comentários fechados em Morte de Dulce Horta: Empresário, enfermeiro e mecânico também suspeitos

investigaçãoDe acordo com o site oceanpress  existem mais suspeitos  do  assassinato da cabeleireira Dulce Horta ocorrido há dois anos para além do marido Octávio Varela, professor do EBI e antigo Vereador na Câmara de São Salvador do Mundo detido na segunda feira. Avança que a PJ levar ao Tribunal de Santa Catarina mais três indivíduos supostamente envolvidos no crime.

O primeiro é um enfermeiro do Hospital Santa Rita Vieira em Santa Catarina, conhecido por Domingos que seria o dono da viatura vista nas imediações da residência de Dulce Horta e Octávio Varela no dia da tragédia.  O terceiro é Branco, um conhecido empresário de Eugénio Lima que estaria com Timor na noite em que Dulce Horta foi baleada dentro da própria casa.

Branco e Timor seriam amigos de Octávio Varela, professor, antigo Vereador em São Salvador do Mundo e marido da vítima.

Os quatro suspeitos encontram-se sob custódia da Polícia para serem presentes ao Tribunal da Comarca de Santa Catarina para audição.

O crime em causa aconteceu no dia 22 de Agosto de 2014. A Polícia foi chamada de madrugada para dar assistência a uma alegada tentativa de assalto na residência de Octávio Varela e Dulce Horta, nos Picos, centro do Concelho de São Salvador do Mundo (interior de Santiago).Ao chegar ao local, a PN encontrou Varela dentro de casa e deparou-se com uma mulher prostrada no chão e com ferimento de bala na cabeça. Dulce Horta, cabeleireira, então com 36 anos, seria conduzida ao Hospital, mas acabou por falecer no trajecto.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.