Albertino Graça: “Esta candidatura é a afirmação da vitalidade da sociedade civil”.

6/08/2016 09:54 - Modificado em 6/08/2016 09:54

Albertino GraçaAlbertino Graça apresentou, esta sexta-feira, 05 de Agosto, a sua candidatura a presidência da República de Cabo Verde, afirmando durante o seu discurso que este é o tempo de “eu próprio servir o bem comum, servir este povo e esta terra que eu amo”. Assegura no entanto que esta é uma candidatura que sabe exactamente o que quer, realçando o facto de ser independente e supra-partidária. “Como o mais alto magistrado da nação deve ser”.

“Uma candidatura com os pés no chão, que não se deslumbra, que não se perde em vaidades, nem em sonhos utópicos ou irrealizáveis, nem sequer por ambições desmedidas. E reforçar a cidadania é um dos objectivos do reitor da Uni Mindelo, que propõe uma candidatura dos que não possuem voz activa na sociedade, dos que estão desiludidos com a política e dos que acreditam que a politica não se esgota nos políticos.

Para Graça Cabo Verde precisa, mais do que nunca de um presidente que venha verdadeiramente da sociedade civil, que seja independente, que nada precise da política e que conheça bem o país e os problemas do mundo. Que seja um presidente que respeite “escrupulosamente” tudo aquilo que fizer parte da sociedade e que quer oferecer uma alternativa credível e diferente, que provoque debates sobre o que os impele a fazer.

Esta é uma candidatura, segundo Graça inspirado pelos seus amigos e apoiantes, que apontará caminhos, provocará reflexões e se afirmará no ensejo de unir margens e de harmonizar diferenças, vontades contrapostas, mas ajustadas entre si, como num contrato.

Espera abarcar todos os cabo-verdianos, na terra e na diáspora, trazendo-os para o debate acerca dos grandes destinos da nação.

No dia, 02, de Outubro é a data do escrutínio para a escolha do Presidente da republica de Cabo Verde.

  1. José Manuel de Jesus

    Va falando, rapaz !!! Por um lado é bom para a democracia e, por outro, para o curriculo dos candidatos. Mas não vejo gente capaz para tal lugar em tal pais. Não se esqueçam que a nossa riqueza são as cabeças. Até para aldrabar.

  2. Muita coragem, candidatar ao lado do Dr. Jorge Carlos Fonseca com um vasto curriculum Nacional e internacional e com uma vasta imagem partilhado por todos os Caboverdeanos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.