Advogado promete interpor acção judicial contra agente da PN que o deteve de forma ilegal

4/08/2016 08:18 - Modificado em 4/08/2016 08:18
| Comentários fechados em Advogado promete interpor acção judicial contra agente da PN que o deteve de forma ilegal

PrisaoNa ilha do Sal, o advogado Hélio Cruz foi detido pela Polícia Nacional por crime de agressão e desacato à autoridade. A detenção ocorreu esta terça-feira na sequência de um desentendimento entre um agente e o advogado.

Contudo, segundo noticiou a RCV, o Ministério Público entende ser ilegal a detenção do advogado, uma vez que a polícia impediu que o suspeito fosse ouvido na presença de um advogado. Entretanto, o advogado promete responsabilizar o agente criminalmente e disciplinarmente perante o superior hierárquico.

Hélio Cruz diz que foi detido sem quaisquer razões ou motivos pois, “em nenhum momento, agrediu ou desrespeitou o agente”. Ciente das consequências, Hélio diz exercer as suas funções dentro dos limites que a Constituição da República lhe permitem.

Contudo, o Ministério Público considerou ilegal a detenção uma vez que a polícia impediu que o suspeito fosse ouvido na presença de um advogado.

O advogado considera a situação, “um autêntico atentado à sua pessoa como advogado e à classe dos advogados”. Assim sendo, promete interpor acção judicial contra o agente da PN que o deteve de forma ilegal.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.