Formalização da candidatura de Jorge Carlos Fonseca

3/08/2016 08:51 - Modificado em 3/08/2016 08:51

jcfDe acordo com o mandatário da candidatura de Jorge Carlos Fonseca à Presidência da República de Cabo Verde, esta candidatura significa o reconhecimento do povo de Cabo Verde ao trabalho feito durante o seu mandato que termina agora.

A documentação foi entregue um dia antes do prazo legal que termina hoje, 03 de Agosto, pelo antigo seleccionador nacional de futebol, Lúcio Antunes, que também é mandatário da candidatura de JCF, no Tribunal Constitucional, Cidade da Praia.

Este diz-se honrado com o convite do ex-Presidente da República para entregar a sua candidatura referente às presidenciais de Outubro.

A candidatura de Jorge Carlos Fonseca possui, segundo o seu mandatário, mais de duas mil assinaturas de cidadãos cabo-verdianos residentes no País e na diáspora, o que equivale ao dobro do exigido pela lei, conforme adianta.

“Assinaturas de todos os Concelhos do País. Temos o dobro das assinaturas necessárias. Foi sempre um Presidente junto das pessoas e este é o reconhecimento do povo cabo-verdiano que está a apostar fortemente na sua continuidade”, afirma Lúcio Antunes.

Entregue toda a documentação, agora será designada, segundo o Presidente do Tribunal Constitucional, João Pinto Semedo, uma data para a realização do sorteio de atribuição da ordem das candidaturas nos boletins de voto, o que acontece no dia 04 de Agosto com a presença dos mandatários, depois de se ter verificado a regularidade de todas as candidaturas e caso houver alguma irregularidade os mandatários serão notificados para as suprirem no prazo legal.

Portanto, termina hoje o prazo da entrega da documentação referente às candidaturas para as presidenciais e, conforme noticiou a RCV, o combatente da liberdade da pátria, Joaquim Jaime Monteiro, entrega hoje às 11:00 horas no Tribunal Constitucional, o dossiê de candidatura e à tarde, será a vez do reitor da Universidade do Mindelo, Albertino Graça.

  1. cidadaocv

    Pois bem e supondo a isenção e rigor e transparência, pede-se o mesmo tratamento aos candidatos, independentemente da preferência e da cor política!

    Ficamos a espera da notícia e da apresentação das candidaturas do Sr. Jaime Monteiro, combatente da Pátria e também do magnífico reitor da Universidade do Mindelo, Professor Doutor, Mestre, Engenheiro, Albertino Emanuel Lopes da Graça.

    De um cidadão muito atento para combater a tendência, a discriminação, …

    Se fosse o presidente, decretava, … publique-se! Mas como não sou presidente…

    Abraço a nação caboverdeana!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.