STJ manda  libertar ex subgerente da Agência do Mindelo da CECV 

29/07/2016 13:02 - Modificado em 29/07/2016 13:34

algema_liberdadeO Supremo Tribunal de Justiça considerou procedente o recurso  da defesa  do Herberto Rodrigues, ex subgerente da Agência do Mindelo da Caixa Económica,  que alegava que este deveria aguardar o julgamento em liberdade. No  dia 11 de Novembro de 2015  o juiz Antero Tavares, na sequência de uma nova detenção,  decretou prisão preventiva  sustentando que existia o perigo de continuação da actividade criminosa.

O advogado de defesa não concordou com a medida, pois considerou não estarem reunidos nenhum dos pressupostos  que determinam a prisão preventiva, e muito menos a continuidade da actividade criminosa, visto que o suspeito já não trabalha no banco. O juiz exibiu um documento onde estão movimentos alegadamente feitos pelo arguido numa conta que ele terá criado para movimentar o dinheiro desviado com um cartão 24 em nome de uma pessoa que não existe.  No recurso o advogado alegou que tendo em consideração que a referida conta foi bloqueada e o cartão apreendido não havia perigo de continuação da actividade criminosa. E o STJ  deu razão a defesa e mandou que  Herberto Rodrigues fosse libertado e  assim aguardar o julgamento em liberdade. A ordem foi cumprida hoje de manhã.

 O Ministério Público acusou-o de burla e abuso de confiança num processo onde terá retirado cerca de 8 mil contos da conta de um cliente.

O suspeito é também arguido  em outro processo onde é acusado de ter desviado cerca de 30 mil contos  , em divisas, dos cofres da Agência do Mindelo da Caixa Económica

  1. remoaldo cardoso

    Ele nao roubou! Desviou, simplesmente e agora, na minha opiniao, deveria ficar em casa a usar o dinheiro dos outros. Aqueles q rouba uma galinha, um dropis, como nao tem advogados, fica preso por muito tempo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.