UCID: “suspense” político com data e hora marcada

26/07/2016 08:48 - Modificado em 26/07/2016 08:48

UCIDO prazo de entrega das candidaturas para as autárquicas é até hoje. Em São Vicente, Augusto Neves é o candidato do Movimento para a Democracia (MpD), Alcides Graça é o nome à frente do Partido Africano para a Independência de Cabo Verde (PAICV), enquanto que o partido da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) guarda o segredo do candidato a sete chaves. Porém, o limite para o “suspense” político tem data e hora marcadas, porque até hoje todas as candidaturas terão de dar entrada no Tribunal de São Vicente.

Das três forças políticas em São Vicente, só a UCID não se manifestou sobre o candidato escolhido para as autárquicas de 2016, uma vez que tem sido António Monteiro sempre o candidato para o embate municipal e, até então, nunca o partido enfrentou tanto receio na apresentação do candidato. Caso para se dizer: “gato escaldado tem medo de água fria” ou “a terceira é de vez”. Todavia, reconhece-se que o desafio, para Monteiro, não é fácil, isto devido aos resultados obtidos nas legislativas deste ano que tornaram o seu partido na segunda força política, mas também é um facto que o líder da UCID nunca alcançou o pelouro em São Vicente.

“Da parte da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) reina o silêncio. Apenas se sabe que o partido vai concorrer, uma vez que fonte próxima da direcção local, em São Vicente, afirmou que a lista dos candidatos será apresentada junto do juiz da Comarca esta terça-feira, último dia do prazo estipulado pela Comissão Nacional de Eleições (CNE)”, avança a Inforpress.

Hoje quebra-se o silêncio da UCID e levanta-se o véu sobre o candidato à CMSV para as eleições marcadas para o dia  4 de Setembro de 2016.

  1. António dos Santos

    Fará entrega hoje e dará uma conferencia de imprensa amanhã.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.