Farmácias sem sistema: doentes não conseguem comprar medicamentos

10/09/2012 00:36 - Modificado em 10/09/2012 00:36

Os cortes de energia eléctrica ,por parte da ELECTRA ,têm afectado a vida das pessoas, no que concerne a aquisição de medicamentos nas farmácias. Com dinheiro nos bolsos, os utentes não conseguem comprar qualquer remédio ,porque sem energia as farmácias não conseguem vender medicamentos.Isto porque não têm acesso ao sistema de facturação e ao banco de dados do INPS.

 

As avarias nas centrais da ELECTRA, na ilha de São Vicente ,tiveram repercussão na vida de várias pessoas. Com a entrada em vigor dos cortes de energia por tempo indeterminado algumas instituições ficaram privadas de prestar os seus serviços. As farmácias estão na linha da frente, visto que sem energia não conseguem vender medicamentos

De acordo com alguns cidadãos, com quem o NN falou, a situação vivida pelas farmácias acabou por dificultar-lhes a vida.Porque não conseguiram comprar os medicamentos que necessitavam.E a solução encontrada, por muitos ,foi recorrerem aos vizinhos para adquirirem alguma dose de medicamento.E houve “mãos amigas” que substituíram os serviços das farmácias.

Leonesa Reis afirma que “o cenário é inadmissível, porque há cidadãos que aguentam ficar sem comer um pão. Mas há pessoas, em situação de doença ,que não conseguem passar muitos dias sem tomar a sua medicação. Não pude comprar os remédios dos meus pais ,que sofrem de doenças cardiovasculares ,e a solução foi pedir alguns comprimidos a uma vizinha para aliviar-lhes as dores”

Já André Fonseca diz que a situação vivida pelas farmácias é compreensível, mas que em questão de saúde não se brinca “de facto é um constrangimento para a saúde de qualquer utente. Mas, a verdade quem tem a culpa no cartório é a ELECTRA e não é as farmácias ”

Francisca Sousa compartilha da opinião de André, mas reitera que “as farmácias devem encontrar soluções, porque sem energia eléctrica interrompem o seu serviço, e é o utente que tem que andar de um lado para outro à procura de solução para adquirir um medicamento. Por isso ,para este caso a melhor solução para vencer os cortes seria a aquisição de um gerador eléctrico”.

 

  1. HUMBERTO

    E assim se vai vivendo no PAÌS de desenvolvimento médio.

  2. Isso de energia cada vez mais caro não é problema uma questão de fazer contas a vid e criar solução que não passa por comprar grupos convencionais a gasóleo mas sim por sistemas fiaveis de energias limpas renovaveis. Para um sistemas desse pode ser muito simples e economico ,desde um simples KIT para por ex: uma cixa autmatica de pagamento, um servidor infromatico, iluminação ou algo como um frigorifico para medicamentos etc isso muito economico e sen

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.