Atraso na emissão de visto impede jovem artesã de representar CV no Luxemburgo

25/07/2016 08:34 - Modificado em 25/07/2016 08:34

embaixada-portugal-Jovem artesã recebe convite para participar numa Exposição no Luxemburgo em representação do País, mas vê-se impossibilitada de prosseguir a viagem pois, apesar de ter solicitado o visto com semanas de antecedência, até ao momento ainda não recebeu o documento. Indignada com a situação, Nakita Silva acusa a Embaixada de Portugal de falta de profissionalismo e desrespeito pelas pessoas.

As peripécias da Embaixada de Portugal têm gerado um clima de descontentamento no seio dos utentes. O serviço de emissão de vistos continua a indignar os utentes. A jovem Nakita Silva denuncia a falta de profissionalismo por parte da Embaixada de Portugal na cidade da Praia e acusa-a de desrespeitar as pessoas.

Nakita Silva é uma jovem artesã que se licenciou em Engenharia Comercial pela Universidade Privada Del Valle na Bolívia e que veio aventurar-se no Mindelo, sua terra natal, no mundo do artesanato.

Com a sua criatividade e espírito de empreendedorismo, a jovem entendeu abrir a sua própria empresa de bijutaria, “Nakita Criaciones” uma iniciativa que lhe abriu algumas portas para expandir o seu negócio ao ponto de receber convites para expor os seus trabalhos no país e na diáspora. Contudo, nem sempre consegue participar nos eventos, devido a problemas burocráticos que muitas vezes impedem os utentes de alcançar os objectivos propostos.

A jovem artesã diz ter recebido um convite da Associação Veteranos do Norte com o objectivo de representar o País no Luxemburgo com as suas peças de artesanato. A exposição em representação de Cabo Verde deveria acontecer nos dias 23 e 24 de Julho. Maravilhada com o convite, Nakita preparou uma colecção de peças diferentes para mostrar a sua criatividade.

Contudo, apesar da criatividade e talento para a arte, Nakita não conseguiu expor a sua colecção. Após várias tentativas para obter o visto, a jovem que deveria viajar no dia 21, não conseguiu realizar o sonho de representar o País no Luxemburgo, pois apesar de ter solicitado o visto três semanas antes de viajar, não recebeu qualquer resposta por parte da Embaixada.

À semelhança de vários outros utentes, a jovem foi mais uma vítima dos serviços da Embaixada de Portugal na cidade da Praia. Indignada com a situação, Nakita lamenta o facto de não poder participar na exposição, questionando a falta de profissionalismo e acusando a Embaixada de falta de respeito pelas pessoas.

Segundo a entrevistada, participar na exposição seria uma mais-valia para a sua carreira de artesã em reconhecimento pelo trabalho que tem feito.

Apesar das tentativas no sentido de apurar os factos, não foi possível chegar a falar com a Embaixada.

  1. NIGGA

    Por seu lado quando pretendem vir para Cabo Verde, apenas precisam do bilhete de identidade. O Colonialismo não é só ter pessoas de outras nacionalidades a governarem o país que é nosso…..haja paciência…..dia qui povo chatia ta obido problema…

  2. NIGGA

    Por seu lado quando pretendem vir para Cabo Verde, apenas precisam do bilhete de identidade. O Colonialismo não é só ter pessoas de outras nacionalidades a governarem o país que é nosso…..haja paciência

  3. Puxim

    Pedir um vissto no centro comum de vistos em situaçao normal esta sendo uma afronta.
    o Calvario começa desde a marcaçao que esta sendo exclusivamente por telefone e dificilmente respondem este telefone macabro.
    2ª Fase será entregar documentos que na porta encontra-se um carasco que te morde como um cao.
    3ª Estar naquela sala que já nao comporta tanta gente e ficar a espera das 4 as 7 horas da tarde e a resposta e sempre a mesma “ainda nao esta ” ou o “processo esta em análise”.
    4 ou 5 meses depois de entregar o documento vem uma nova resposta “visto recusado”. Muita gente acredita que os vistos recusados sao vendidos e repartidos o dinheiro entre eles que tem um esquema tao bem montada que ninguém consegue a priori descobrir.

  4. António Machado

    Acordem Srs. funcionários do consulado!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.