Mindelact homenageia Elinga Teatro de Angola

8/09/2012 23:50 - Modificado em 8/09/2012 23:50
| Comentários fechados em Mindelact homenageia Elinga Teatro de Angola

O Teatro Elinga com a peça “o cego e o paraláctico”, uma estreia do grupo, vai deixar sua marca na 18º edição do Festival Internacional Mindelact. Edição esta que é a de homenagem a esta companhia angolana de teatro. José Mena Abrantes mostra-se contente com esta homenagem como forma de dar mais projecção do grupo dentro do continente africano, pela dimensão que o festival tem em si. “É um reconhecimento que muito nos honra”, nas palavras de Mena Abrantes.

O grupo existe desde de 1988 e esta  é a sua quinta participação no festival, sendo a primeira em 1997, na terceira edição do festival. Mena Abrantes fala da relação estreita que tem tanto com João Branco como o Grupo do Centro Cultural do Português.

A peça que vai estar no palco do centro Cultural do Mindelo a partir da 21:30 conta a história de um cego e um paralítico que buscam juntos, com o cego a carregar o paralítico,  um lugar mítico onde acreditam ir obter cura para as suas deficiências. Como Explica Mena Abrantes “o que começa sendo uma acção de interajuda acaba por produzir uma tensão crescente”. O desfecho fica em segredo para os espectadores.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.