Seis mil detidos após golpe de Estado falhado

18/07/2016 09:06 - Modificado em 18/07/2016 09:06
| Comentários fechados em Seis mil detidos após golpe de Estado falhado
atentadoataturk2Desde sexta-feira à noite já foram detidas 6 mil pessoas na Turquia, na sequência da tentativa de golpe de Estado, avançou Bekir Bozdag, ministro da Justiça.

Além de militares, 2700 juízes e funcionários judiciais foram presos pelas autoridades.

«A operação de limpeza continua. Cerca de seis mil detenções já tiveram lugar e o número deverá aumentar», disse o ministro da Justiça, Bekir Bozdag, citado pela BBC.

O presidente Recep Erdogan afirmou que estão a ser detidos todos os membros do Exército envolvidos no golpe de Estado falhado, acusando-os de quererem «arruinar as Forças Armadas e o país».

O objetivo, segundo Erdogan, é «afastar os apoiantes de Fethullah Gulen», clérigo muçulmano exilado nos EUA e que é apontado como o mentor da tentativa de golpe militar.

«Iremos continuar a eliminar este vírus de todas as instituições estatais, uma vez ele está a propagar-se. Infelizmente é como um cancro que se infiltrou no Estado», palavras de Erdogan, este domingo, à margem de um funeral em Istambul.

abola.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.