Mulher que roubou alimentos para dar de comer ao filho foi condenada

14/07/2016 08:02 - Modificado em 14/07/2016 08:02

juiz3Uma mulher que disse ter roubado alimentos numa loja para saciar a fome do filho foi presente ao Tribunal que a condenou  da prática de crime de roubo. Contudo, após mostrar-se arrependida, pediu desculpas e prometeu nunca mais cometer o crime. O ofendido que afirma não ser a única vítima da arguida,  mesmo assim entendeu perdoá-la fazendo fé na promessa da mesma.

Uma mulher de 42 anos foi presente, esta quarta-feira, ao Tribunal acusada da prática de crime de roubo. A arguida terá entrado num estabelecimento comercial onde terá subtraído alguns géneros alimentícios. No entanto, os produtos foram apreendidos e devolvidos ao proprietário da loja.

A mulher e mãe, alegou estar desesperada, pois encontra-se desempregada e não tinha alimento para dar ao filho menor, de modo que resolveu cometer o crime para saciar a fome. Dadas as circunstâncias em que tudo aconteceu, o ofendido perdoou a arguida que, de forma bastante envergonhada, pediu desculpas e prometeu não voltar a cometer o acto.

  1. Dje Guebara

    A pobre mãe desesperada por saciar a fome dos seus fillhos obrigou a ela cometer o delito. Ela não deveria de sentir vergonha por alimentar os filhos, vergonha deveriam de sentir essos governantes filhos da puta cabra que lhes pariù que não sabem governar, criar traballhos para que a gente não cometem tais delitos. Obrigado ao empresario que o perdonou.He dicho:

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.