São Vicente vira Praia: Cortes de energia por tempo indeterminando

7/09/2012 01:51 - Modificado em 7/09/2012 01:51

O responsável da ELECTRA, pela produção de energia no norte do Pais, veio com a destreza de um elefante numa loja de porcelana anunciar que “ a ilha São Vicente vai sofrer cortes de energia por tempo indeterminado”. Ou seja São Vicente virou Praia, pois convenhamos que não há paciência que aguente cortes de energia que não se sabe quando acabam.

 

Avarias simultâneas nas duas centrais da Electra na Matiota e no Lazareto vão levar que a empresa adopte um plano de cortes “por tempo indeterminado” na ilha de São Vicente. Ou seja a receita que a ELECTRA aplica na cidade da Praia.

Hipólito Gomes, engenheiro de produção da Electra para a região norte, disse a RCV, que não tem uma “ideia clara” sobre uma data para a resolução do problema. Isto, porque, ainda, não conhece a dimensão da avaria. Para fazer essa avaliação a empresa já fez deslocar à ilha de São Vicente dois técnicos que estavam resolvendo outros problemas no Sal. Com a chegada desses dois técnicos será feita a avaliação e a dimensão do problema será conhecida enquanto o corte por tempo indeterminado prossegue. Mas, o responsável da ELECTRA tem um plano. “O objectivo passa por resolver o problema rapidamente na Matiota e deslocar o pessoal para o Lazareto com o objectivo de ter maior potência disponível a noite em que o pico chega aos 11 mil quilowatts”. Só que não se sabe quanto vão acabar os cortes … por tempo indeterminado.

 

E as pessoas?

A notícia de cortes de energia por “tempo indeterminado” deixou as pessoas irritadas e perguntando “o que vão fazer sem luz”. Esse panorama, apesar de compreensível por parte de algumas pessoas, não põe de lado as preocupações sobre as consequências dos cortes de energia. A ideia “por tempo indeterminado” é o que mais preocupa as pessoas.

“Luz é algo que todos precisamos e sem ele é sempre difícil”, assegura Marcelino, perspectivando o que está por vir. Opinião compartilhada por Suzi Neves que acrescenta que vai ser uma “afronta”, quando não se sabe o dia em que tudo vai voltar a normalidade.

As preocupações voltam também para os comerciantes que vem a sua vida dificultada com gestão dos produtos congelados. Paula Rosário lembra dos dias sem energia que “são sempre difíceis de gerir”.

  1. Nadia

    Gostaria de saber quem vai arcar com as despesas de equipamentos queimados. Aqui onde trabalho pelo menos 5 equipamentos queimaram-se.

  2. Lourdes Evora

    Já é tempo de responsabilizar esses directores nomeados por simpatia politica.
    Estao lá para gerir e teem que prestar contas e apresentar trabalho. Não se compreende que estas situaçoes se repitam ciclicamente e os chefoes fiquem a inventar desculpas de ultima hora. Deviam saber que numa usina tem que haver maquinas de reserva sempre operacionais.Se nao ha dinheiro que o exijam aos que estao a desbaratar dinheiro em outros luxos. O povo esta mesmo farto e temo que isto rebente.

  3. Fenkym

    Sem contar que na hora da factura, a conta vem a mais, pelo facto de que quando vem a electricidade há um gasto a mais com o frigorífico, ou seja, a Electra sempre sai a ganhar em dobro; 1º porque poupa e combustível e 2º pq o consumidor vai gastar mais na volta da electricidade.
    em fim, é o pais que temos, não há incentivos domestico para energias renováveis, com kits domésticos de painéis solares, tendo encanta outros pais que tem…

  4. marcos

    não sei como foram queimados os tubpos de energia. Deve ser um coto circuito
    mas espero que o problema resolve porque assim não dá sei luz, há pessoas que vivem em casa sos.

  5. marcos

    deve ser corto circuito

  6. LOL

    So troça li Praia ta trado luz de cedo pa noite ninguem ka ta fla nada pessoas sta td kustumado ago ta trado la SV ta bira escandalo!!! so noia propi! electra teni bandos de INCOMPETENTES ki nadaa ka sta faze.

  7. Anonymous

    Adas! Cabo Verde não é líder mundial de energia eólica?

  8. Ely

    kred!! nox ek t fka sem luz, nox ek t fka sem nox equipament!!
    ma agora 1 kre so oia eh cond ix mnin entra n xcola!!! ix tem fka sem kex aula d 7h por causa d luz??? einda por cima kex tem exame n final!! 1 t espera ess problema seja resolvid ja ja porque ix mnin d xcola k pode fka sem kex aula!!

  9. Nuno Ventura

    Já era tempo de substituir o Ministro e este Conselho de Administração.

  10. Eduardo Oliveira

    RETROCESSO !!!
    S.Vicente tem os dirigentes que quis. Não digo merece mas quis. Levam na tauta e depois estendem o tapete vermelho a quem nada merece o que demonstra uma grandessissima falta de visão ou desinteresse. No momento de votar vendem-se por uma camisola e ficam hipotecados por um mandato. E isto se repete para nada andar. E é o retrocesso.
    Bando de maltrapilhos que contam mentiras e corja de ingénuos que acreditam.
    E a sociedade caboverdeana continua num congresso de depressivos,

  11. José Fonseca

    Se ao menos houvesse vento as coisas ainda melhoravam. Até o clima está a dificultar a vida da Electra. Talvez fosse de se pensar num parque solar para São Vicente

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.