PAICV: “O MpD não está a cumprir as promessas feitas”

8/07/2016 07:58 - Modificado em 8/07/2016 07:58

paicv3Para o PAICV, os compromissos do MpD aquando da campanha eleitoral de despartidarizar a função pública, “foram compromissos feitos para não cumprir”. Esta afirmação é do dirigente do PAICV João Batista Pereira e tem como base a revogação da lei de contratação da função pública e agora, as portas estão abertas para a partidarização da máquina do Estado.

“Durante a campanha, o MpD assumiu o compromisso que todos os novos directores, administradores e gestores públicos passariam pelo crivo do concurso antes de serem nomeados, salvaguardando assim o princípio da meritocracia”.

Para Batista Pereira, com este discurso, o partido conseguiu a simpatia dos jovens e de muitos cabo-verdianos que lhe valeu milhares de votos nas últimas legislativas. E hoje, “sintomaticamente, o MpD ignora ostensivamente os compromissos assumidos com os cabo-verdianos e revoga o princípio do concurso para a nomeação dos dirigentes da função pública”. Acrescenta ainda que assim, “abrem-se as portas à partidarização através da livre escolha dos seus militantes e amigos para os altos cargos da administração pública”.

Como exemplos, fala das delegações do Ministério da Educação, dos Delegados da MDR, da TACV, do INPS, da ASA, da Direcção Nacional do Ambiente onde o Governo tem usado este método.

  1. São Vicente

    Já sabíamos que iria ser assim, quem achou que ia ser diferente é inocente. Mas os caboverdianos merecem…..

  2. São Vicente

    Já sabíamos que iria ser assim, quem achou que ia ser diferente é inocente. Mas os caboverdianos merecem……………hihihihihihihhi

  3. Carlos Santos é o Gestor Unico da Inforpress, uma boa escolha. Espero que não venham dizer também que ele é militante do Mpd, porque isso virou moda.

  4. orlando dossantos

    people tem pacienca muito dess promeca ta ter resolvido. tem que da umm tempo!

  5. são vicentino

    só para refrescar a memoria do PAICV.por acaso a nomeação da coordenadora do CEFP SV? foi concurso?claro k não e voçes sabem k não foi concurso.nãooooooooooooo, foi simplesmente nomeação amigável. colocando essa criatura no cargo de chefia voçes deram um tiro feio no pé.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.