Corpo de recém-nascido morto: PJ aguarda pela autópsia

6/07/2016 07:51 - Modificado em 6/07/2016 07:51
| Comentários fechados em Corpo de recém-nascido morto: PJ aguarda pela autópsia

PJ MindeloA PJ continua no terreno a tentar encontrar a mulher que terá atirado num contendor do lixo na zona da Craquinha, São Vicente, um recém-nascido.

O corpo do bebé com nove meses de gestação já não tinha os braços que terão sido comidos pelos cães. Tudo indica que a criança nasceu viva e que terá sido primeiro sufocada até morrer e, depois, atirada no lixo. Isto mediante a análise exterior do corpo.

Desde sexta-feira que a PJ tenta identificar quem deu à luz e atirou o corpo do bebé para o lixo. Chegou-se a identificar uma mulher que tinha dado à luz nesse período de tempo, mas ficou provado que as suspeitas não tinham fundamento. No terreno da zona onde o corpo foi encontrado, a PJ não encontrou “muita colaboração quando questionou alguns moradores”, apesar do corpo da vítima poder ter sido trazido de outra localidade e colocado nesse contentor. Resta esperar pelos resultados da autópsia para que a PJ tenha mais elementos para prosseguir com a investigação.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.