China “risca” Lady Gaga após encontro com Dalai Lama

28/06/2016 18:58 - Modificado em 28/06/2016 18:58
| Comentários fechados em China “risca” Lady Gaga após encontro com Dalai Lama

dalai lamaO partido comunista da China, que governa o país desde 1949, não gostou de ver Lady Gaga encontra-se com Dalai Lama e decidiu banir a cantora dos meios de comunicação chineses.

As músicas da cantora não serão mais ouvidas nas rádios da China, bem como o nome de Lady gaga não será mais falado nas televisões locais nem escrito em órgãos de comunicação impressos.

O encontro entre a norte-americana e o líder espiritual tibetano, que aconteceu no passado domingo em Indianápolis, nos Estados Unidos, foi entendido como um sinal de apoio da cantora à independência do Tibete, pela qual Dalai Lama – que está exilado na Índia desde março de 1959 – lutou até se afastar oficialmente da política, em 2011.

Quando questionado por um jornalista estrangeiro se a conversa entre Dalai Lama e Lady Gaga poderia resultar num “bad romance” entre a artista pop e o país, relata o “The Guardian”, o porta-voz do ministério dos negócios estrangeiros, Hong Lei, acabou por ser bem explícito: “Quem?”, retorquiu.

jn.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.