ACRIDES faz petição para que haja o Dia Nacional Contra o Abuso e Exploração Sexual de Menores

21/06/2016 08:24 - Modificado em 21/06/2016 08:24

Abuso menoresO abuso e a exploração sexual de menores em Cabo Verde tende a aumentar tornando-se numa situação preocupante, refere a Presidente da Associação das Crianças Desfavorecidas, ACRIDES. Na tentativa de pôr cobro à situação, a Associação tem em curso uma petição para a recolha de assinaturas para entregar às autoridades no sentido de institucionalizar o Dia Nacional Contra o Abuso e Exploração Sexual de Menores.

A prevenção é o caminho mais seguro para evitar casos de abuso e exploração sexual de menores, considera Lourença Tavares, Presidente da Associação das Crianças Desfavorecidas, ACRIDES. Em curso está uma petição para a recolha de assinaturas com vista a conseguir institucionalizar o Dia Nacional Contra o Abuso e Exploração Sexual de Menores. Lourença Tavares acrescenta que, infelizmente, a violência sexual contra crianças tem sido prática frequente em Cabo Verde e as consequências deste crime são marcantes.

O caso mais recente a registar é o da criança de cinco anos agredida sexualmente por um jovem de 28 anos na localidade de Ribeira Grande, ilha de Santo Antão. A menina terá saído para comprar “drops” quando o indivíduo aproveitou para abusar dela. Devido à gravidade do abuso, a criança foi transferida para o Hospital Baptista de Sousa em São Vicente onde se encontra hospitalizada. O indivíduo encontra-se em prisão preventiva.

Lourença Tavares disse à RCV que a iniciativa tem a parceria de diferentes instituições internacionais e nasce no âmbito de uma acção de formação dirigida a profissionais cujo objectivo é capacitar os actores para a prevenção e o combate sobre o abuso e exploração sexual dos menores. A formação será realizada de 27 a 01 de Julho por uma ONG Luxemburguesa.

A Presidente acredita ser importante a institucionalização do Dia Nacional Contra o Abuso Sexual de Menores, ter uma data para se reflectir, avaliar, medir as metas e reduzir esse tipo de violência contra as crianças.

  1. Silvério Marques

    Procura de protagonismo a quanto obrigas. Quais as causas das coisas ? Nada acontece por acaso. Um dia nacional ou uma repressão mais severa, aos primeiros inícios ?

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.