ICCA à espera da decisão das autoridades judiciais para actuarem

14/06/2016 08:14 - Modificado em 14/06/2016 08:14
| Comentários fechados em ICCA à espera da decisão das autoridades judiciais para actuarem

iccaProsseguem os trabalhos das autoridades ligadas à protecção das crianças e dos direitos humanos sobre as denúncias de maus-tratos em crianças nos orfanatos da Congregação Reformada dos Adventistas do Sétimo Dia de Tendas (CRASDT). Ainda esta segunda-feira estavam à espera da decisão das autoridades judiciais para actuarem.

Uma “abordagem suave” para verificar as denúncias de alguns membros desta congregação sobre maus-tratos e abusos de crianças.

Marilena Baessa, Presidente do Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA), diz que até ao momento há suspeitas e as situações vão ser verificadas para dar o encaminhamento judicial.

Os casos relatados pelos membros da igreja com as crianças do orfanato, como avança Marilena Baessa, foi recebido há cerca de três anos com informações de que as crianças da CRASDT estavam “mal nutridas, a passar mal nas escolas e a sofrerem abusos sexuais”. Depois de uma averiguação não se conseguiu provar as suspeitas.

E como adianta o responsável do ICCA, a relação com o orfanato da CRASDT foi baseada na confiança. “A congregação envia-nos anualmente um relatório do estado de saúde e educacional das crianças. E nós entendemos que, tendo em conta os responsáveis que estão à frente da instituição, pautamos pela confiança que não poderia estar a acontecer com eles em termos de maus-tratos e abusos sexuais.

Agora diz que é deixar que a justiça possa trabalhar tranquilamente para a resolução desta situação.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.