Condutores queixam-se do aumento do preço dos combustíveis

13/06/2016 08:11 - Modificado em 13/06/2016 08:11

combustivelO mais recente aumento do preço dos combustíveis aconteceu na última quinta-feira, dia 09. Os condutores do Mindelo entrevistados pelo NN consideram que o aumento do preço dos combustíveis penaliza sempre os condutores.

Os preços dos combustíveis aumentaram significativamente. Os preços do Fuel 380 e do Fuel 180 registaram aumentos mais acentuados de 30,4% e 29,4%. A gasolina e o petróleo registaram um crescimento similar de 22% e 21,6%. A variação dos preços internacionais ditou o aumento.

A nova tabela de preços dos combustíveis emitida pela Agência de Regulação Económica entrou em vigor esta quinta-feira, 09 de Junho, e revela um acentuado aumento. Os postos de combustíveis reajustaram os valores aplicados, mas os condutores parecem surpresos e receosos.

Um litro de gasolina passou de 96$80 para 104$70 centavos, enquanto que o gasóleo vendido a 74$80 passou a 79$80. O preço do petróleo aumentou de 18,5%, o gás butano registou uma redução de 7,2%. Os preços deverão vigorar até ao dia 05 de Agosto de 2016.

O NN foi às ruas e constatou que a actualização dos preços não caiu no agrado dos condutores que se dizem assustados com as oscilações do preço da gasolina.

O taxista Vicente que ficou surpreso com a actualização, adianta que apesar de não haver um grande aumento nos combustíveis, qualquer alteração deixa os condutores penalizados, pois o aumento não acompanha o preço dos fretes e muito menos os salários dos trabalhadores.

“Pensava abastecer este fim-de-semana mas desisti, pois os preços dos combustíveis e os impostos têm aumentado de forma frequente e os consumidores não conseguem aguentar tanta pressão nos bolsos”, afirma o condutor Alcindo quando abordado pelo NN.

  1. atento

    Quando baixaram os combustiveis nao disseram nada, nao baixaram as terifas e agora estao a reclamar, porque? Tenham vergonha na cara.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.