Governo promete lei sobre a regionalização até Dezembro

10/06/2016 08:24 - Modificado em 10/06/2016 08:24

governoDe acordo com o Conselho de Ministros, a agenda do Governo de Junho a Dezembro terá como prioridade o reforço da descentralização, bem como uma atenção especial para a regionalização.

Dois aspectos que têm vindo, desde a tomada de posse do novo Governo, a mexer com a sociedade e que, de acordo com o Ministro da Presidência do Conselho de Ministros, haverá até ao final do ano a lei sobre a regionalização, sobre os mecanismos de financiamento dos Municípios e sobre os mecanismos de descentralização, bem como novas medidas fiscais em termos económicos para se melhorar o ambiente de negócio e para a Polícia Municipal na questão da segurança pública. Portanto, “até ao final do ano, uma nova lei da Polícia Municipal e sobre a regionalização entrará no Parlamento cabo-verdiano”.

Para além disso, Fernando Elísio Freire confirmou que o relatório do massacre no Monte Txota, que aconteceu em finais de Abril, já foi recebido pelo Governo e que o seu pronunciamento público será dado a conhecer pelo novo Chefe de Estado-Maior das Forças Armadas, Anildo Morais assim que for investido para o cargo.

  1. Parece que estamos caminhando para melhor, muitas medidas estão sendo tomadas e as pessoas estão a sentir isso no terreno todos os dias hà uma novidade. Há uma reviravolta total na esfera do governo para atacar os compromissos e a população gosta porque muitos dizem que é a 1ª vez assistimos um Governo muito aberto e em diálogo permanente, muitos apoios do exterior não param de chegar em termos financeiros, felicitando ao novo Governo e que estão abertos a qualquer financiamento Deus queira que isso é para durar, tendo em conta que o povo estava precisando e que venham mais medidas para o bem de Cabo Verde.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.