Motim em Fonte Francês: Invasores regressam para prisão

13/04/2012 07:28 - Modificado em 16/04/2012 19:06
| Comentários fechados em Motim em Fonte Francês: Invasores regressam para prisão

O juiz Antero Tavares ordenou que os elementos do gang Pintchá Andor capturados pela PN em Fonte Francês fossem reenviados novamente para a Esquadra de Fonte Inês. Os 22 indivíduos foram detidos porque foram a essa zona para vingar a morte do adolescente, Elton John. Os sujeitos são acusados de motim e serão julgados em processo sumário.

Os 22 membros do gang Pintchá Andor capturados pela PN em Fonte Francês foram reenviados para a Esquadra de Fonte Inês para aguardarem o julgamento sumário por ordem do juiz. De recordar que esses indivíduos invadiram a zona de Fonte Francês na quarta-feira, por volta das 12 horas, quando regressaram do funeral do adolescente Elton John. Segundo os moradores, os membros do gang Pintchá Andor chegaram à Fonte Francês para apedrejar a casa do agressor e vingar a morte de Elton.

Porém a Polícia Nacional foi chamada a intervir e acabaram por deter vinte e dois jovens que integravam o grupo da Ilha de Madeira. Os indivíduos detidos pela PN foram entregues ao Juízo Crime da Comarca de São Vicente. Por se tratar de um crime de motim que prevê a realização de um julgamento em processo sumário, o juiz ordenou que os 22 jovens aguardem o julgamento sob medida cautelar.

Neste sentido os indivíduos foram encaminhados para a Esquadra de Fonte Inês e serão julgados nesta sexta-feira. A condução dos invasores foi feita em quatro viaturas da PN e foi necessário a presença de agentes do Corpo de Intervenção nos arredores do Palácio da Justiça para garantir o transporte em segurança. Já que nessa área se encontrava familiares e moradores da Ilha de Madeira que ansiavam ver em liberdade os indivíduos detidos em Fonte Francês.


Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.