Sharapova suspensa por dois anos

8/06/2016 15:14 - Modificado em 8/06/2016 15:14
| Comentários fechados em Sharapova suspensa por dois anos

sharapovaA tenista russa só pode voltar a competir em 2018, mas vai recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto.

A tenista russa Maria Sharapova foi suspensa por dois anos pela Federação Internacional de Ténis (ITF) por ter acusado positivo quanto à presença de meldonium num controlo anti-doping.

Esta suspensão significa que a tenista russa ficará sem competir até 26 de Janeiro de 2018, falhando assim a presença nos Jogos Olímpicos deste Verão, no Rio de Janeiro.

A sentença foi anunciada nesta quarta-feira pela ITF, depois do processo ter sido analisado por um tribunal independente a pedido da própria atleta, que admitira a violação após o resultado da análise, feita durante o último Open da Austrália, ter sido divulgado.

De acordo com a sentença, para além da suspensão, o resultado de Sharapova em Melbourne deste ano será anulado (chegou aos quartos-de-final), e ser-lhe-ão retirados os pontos e o “prize money” que conquistou no torneio.

Numa nota publicada na sua página de Facebook, Sharapova anunciou a sua intenção de recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto, considerando que esta foi uma decisão “dura” e “injusta”. Na mesma nota, a tenista russa de 29 anos diz que o tribunal concluiu “correctamente” que não violou “intencionalmente o código anti-doping” e que a sanção pedida pela ITF era de quatro anos.

“A ITF gastou muito tempo e recursos para tentar provar que eu violei intencionalmente as regras e o tribunal concluiu que não foi isso que aconteceu”, reforça a tenista no comunicado.

 

publico.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.