Homicida de Djony ainda está por localizar

8/06/2016 08:30 - Modificado em 8/06/2016 08:30
| Comentários fechados em Homicida de Djony ainda está por localizar

djonyEm fuga ou escondido e protegido por amigos não muito longe da zona onde vivia. São estas as pistas seguidas pela Polícia Judiciária  portuguesa que está a tentar localizar o homicida de Djony Teixeira, natural da ilha de Santiago , o jovem de 25 anos que foi morto a tiro no domingo de manhã à porta da discoteca Glow, em Corroios, no concelho do Seixal.

O suspeito, que será segurança num centro comercial em Almada, deixou os documentos com um primo, que foi detido pela PSP da Amadora horas depois do crime. Foi ontem presente a tribunal, mas está apenas indiciado por posse de documentos falsos – estava ilegal no País. À hora de fecho desta edição desconheciam-se as medidas de coação aplicada. Recorde-se que o homicida disparou de um carro em andamento e fugiu do local.

Na origem do crime está uma discussão por causa de raparigas que teve início dentro da discoteca.

Fonte: Correio da Manhã

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.