Sal: Dois cidadãos santomenses em prisão preventiva

3/06/2016 08:10 - Modificado em 3/06/2016 08:10

PrisaoO Tribunal da ilha do Sal decretou prisão preventiva a dois dos três cidadãos de nacionalidade santomense detidos pela Polícia na estrada de Santa Maria na posse de uma mala de notas estrangeiras falsificadas, impressora, frascos de tinta e telemóveis supostamente utilizados para burlar a população da ilha do Sal.

Depois de terem burlado várias pessoas na ilha de São Vicente, os cidadãos seguiram com o plano para a ilha do Sal, onde se faziam passar por grandes empresários burlando as pessoas com notas falsas, acabando por ser detidos pela Polícia na estrada de Santa Maria quando seguiam em direcção de Espargos.

Dois dos três cidadãos santomenses acusados de burla qualificada ficaram em prisão preventiva. O Tribunal da Comarca do Sal entendeu aplicar a medida mais gravosa aos arguidos que foram encontrados na posse de notas estrangeiras falsas, impressora, frascos de tinta, telemóveis, enquanto que o terceiro sai sob Termo de Identidade e Residência por não se ter provado o seu envolvimento.

  1. Eduardo Oliveira

    Este crime é dos piores para uma nação. Hà lugares onde desaparecem para sempre. Portanto a sorte deles é termos um dispositivo judicial banana.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.