Fato promete sexo virtual

31/05/2016 11:43 - Modificado em 31/05/2016 11:43
| Comentários fechados em Fato promete sexo virtual

fato sexoAs novas tecnologias vieram também revolucionar a maneira como é visto e feito sexo, e prova disso é o fato de sexo virtual inventado pela japonesa Tenga, empresa que desenvolve brinquedos sexuais, masturbadores e acessórios para o sexo.

O fato combina óculos de realidade virtual, um painel que reproduz seios femininos e um masturbador robótico para criar uma experiência imersiva. O material de que é feito o fato corporal transmite impulsos que simulam o contacto pele com pele, para tornar o ato o mais real possível. A invenção, que custa cerca de 350 euros (400 dólares), está desenhada para um jogo sexual de realidade virtual chamado Sexy Beach, mas espera-se que venha também a funcionar em encontros online. “É o futuro da masturbação. Penso que, no futuro, a realidade virtual vai ser mais real que o sexo em si”, comentou o diretor-executivo da empresa, Tsuneki Sato, ao site Motherboard. O empresário acredita ainda que o fato de sexo virtual se torne na alternativa à prostituição, por ser mais seguro, mais fácil e sem necessidade de sair de casa.

O engenho ainda está em fase de melhoramentos, mas foram disponibilizadas algumas centenas de unidades que esgotaram imediatamente.

cm.xl.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.