São Vicente: bases do MpD querem mudanças nas chefias das empresas e serviços

31/05/2016 07:09 - Modificado em 31/05/2016 07:09

mpd12As bases do MpD em São Vicente estão a pressionar os deputados e dirigentes do partido para que as mudanças na administração pública e nas empresas estatais se operem “o mas rápido possível”. Dizem entender a postura do primeiro-ministro em “fazer as coisas com calma” mas que existem casos urgentes como os TACV ou IFH que é preciso “actuar com celeridade”.

E apontam os casos da ENAPOR, AMP, Caixa Económica, Cabo Verde Investimentos, e outros serviços desconcentrados do Estado. E afirmam que o principal problema  passa pelo “facto dos dirigentes saberem que tarde ao cedo vão sair e o seu empenho já não é o mesmo”. E por parte dos funcionários também “existe um certo relaxamento que estão à espera da saída dos chefes”.

Outra aspecto tem a ver com “a perda de autoridade das chefias que não tendo colocado os cargos a disposição, não estão em gestão corrente, mas de saída”. Por isso essas pessoas estão a pedir aos deputados do MpD eleitos por São Vicente e aos ministros que têm passado por São Vicente para “agilizarem a mudança, porque as empresas e os serviços não estão a funcionar no pleno, pois todos estão à espera das mudanças”.

Um quadro do MpD diz que “o governo de Ulisses está a ir no canto da sereia de José Maria Neves que diz que ele herdou um pais em bom estado, muito próximo do país das maravilhas e que por isso não é preciso mudar, é deixar como está”. E cita o exemplo do projecto casa para todos “os números, os dados disponíveis mostram que é um desastre, um buraco sem fundo. Mas a presidente do PAICV foi visitar a entidade gestora do projecto, o IFH, e veio dizer que está tudo bem e pede ponderação ao governo nas medidas que vai tomar”.

E conclui “essa é a posição do PAICV em relação  aos outros sectores. Está tudo bem, por isso é melhor deixar como está porque afinal o MpD está a seguir a agenda de transformação do PAICV”. Estes sectores do MpD não defendem atitudes como aconteceu em 1991 com o seu partido que quis limpar tudo que lhe “cheirava a PAICV” ou a revanche de JMN em 2001, mas não quer os cargos de confiança política e os sectores estratégicos nas mãos de gestores que viram as empresas e serviços coutadas do PAICV “promovendo a partidocracia em detrimento da competência”.

  1. atento

    no hospital baptista de sousa esperamos por isso com uma certa ansiedade

  2. observador mindelens

    Eu não sou da base do MpD em S.Vicente mas também eu não percebo como é que é possível as eleições terem acontecidas há 2 meses e meio e ainda não há se quer um esboço de mudança política real. Ou seja já se mudou o governo mas o povo votou não para mudar as caras do governo. O povo vota é para mudar quem o povo vê todos os dias. E quem o povo vê todos os dias ? Franklims Spenceres, Janainas, Cruz Lopes e Kalas … enfim gente de PAICV que a boca pequena continua a gozar com a nossa cara e nós temos que aturar isso até quando ? Não é compreensivel isso. ALIAS o que aconteceu ha dias no IFH em a ministra apresenta factos dizendo que há divídas enormes o PCA desta empresa “convida” Janira para ir lá no IFH e dizer exactamente o contrário. Estaremos ainda em campanha eleitoral o quê ? Nesse diz que diz que nao disse … Penso que Ulissses não tem saído bem nesses primeiros dois meses de governo. Ele deixou-se emaranhar numa data de conversas moles em vez de capitalizar o seu bom momento e entrar logo a enviar mensagens firmes para a oposição mas ao mesmo mensagens para o eleitorado a dizer “vocês queriam mudança e está aqui a mudança”. Em vez disso não temos visto nada disso. Está tudo igual e aliás no caso de S.Vicente está a piorar. Estamos a caminhar para 3º mês de um governo que não esboça um gesto de mudança real. E isso é mau. O POVO PEDIU UMA MUDANÇA CLARA. O QUE ESPERA ULISSES PARA ISSO ?? é Começar na Cabnave, Electra, AMP, UNICV, Hospital, Delegações … RTC … tudo ! é preciso uma limpeza geral porque senão … vais dar mal em Setembro Ulisses.

  3. observador

    Eu não sou da base do MpD em S.Vicente mas também eu não percebo como é que é possível as eleições terem acontecidas há 2 meses e meio e ainda não há se quer um esboço de mudança política real. Ou seja já se mudou o governo mas o povo votou não para mudar as caras do governo. O povo vota é para mudar quem o povo vê todos os dias. E quem o povo vê todos os dias ? Franklims Spenceres, Janainas, Cruz Lopes e Kalas … enfim gente de PAICV que a boca pequena continua a gozar com a nossa cara e nós temos que aturar isso até quando ? Não é compreensivel isso. ALIAS o que aconteceu ha dias no IFH em a ministra apresenta factos dizendo que há divídas enormes o PCA desta empresa “convida” Janira para ir lá no IFH e dizer exactamente o contrário. Estaremos ainda em campanha eleitoral o quê ? Nesse diz que diz que nao disse … Penso que Ulissses não tem saído bem nesses primeiros dois meses de governo. Ele deixou-se emaranhar numa data de conversas moles em vez de capitalizar o seu bom momento e entrar logo a enviar mensagens firmes para a oposição mas ao mesmo mensagens para o eleitorado a dizer “vocês queriam mudança e está aqui a mudança”. Em vez disso não temos visto nada disso. Está tudo igual e aliás no caso de S.Vicente está a piorar. Estamos a caminhar para 3º mês de um governo que não esboça um gesto de mudança real. E isso é mau. O POVO PEDIU UMA MUDANÇA CLARA. O QUE ESPERA ULISSES PARA ISSO ?? é Começar na Cabnave, Electra, AMP, UNICV, Hospital, Delegações … RTC … tudo ! é preciso uma limpeza geral porque senão …

  4. MPDER

    Tem calma, tem calma, deputadinhos de MPDER de todo cabo verde, tem calma , tem calma tem calma,porque MPDER não tem quadros capazes e competentes como do PAICV. Haja saco e muita calma porque o povo está com olhos arregalidos para se manifestar so MPDER tropeçar em falso.

  5. Emily

    Disse Olisses que até setembro ninguém lhe vai dar atraso porque quer ganhar mais camaras para poder governar em paz em Cabo Verde, sem djobi pa lado, por isso pede paciência aos famintos do MPD com sede de poder para ter calma tem calma tem calma deputados..

  6. malaguitinha

    falou e disse o Ministro Freire que vão revogar a lei que regula as bases gerais do recrutamento, por não terem sido feitos quaisquer concursos públicos para os cargos de chefias da administração publica. PERMITO-ME perguntar: TACV, fizeram? e os que se seguirão, o argumento será este, URGÊNCIA? aguardamos repostas URGENTES

  7. Julio Goto

    …mudar so para mudar deixa la estar quem esta. O governo do PAICV atingio o topo da montanha,mas os ulimos anos a queda livre torno-se uma realidade.
    A Enapor foi e continua a ser mal gerida com as infrastruturas herdadas dos Portugueses seria possivel criar muitos postos de trabalho.
    A TACV e mal gerida e continuara s ser enquanto a empresa nao aliviar dos parasitas e corruptos. Proponho a divisao da companhia TACV domestico e Internacinal.
    As outras empresas uma cambada de Papagaios.

  8. Maria José

    Com certeza. O povo votou na mudanca e esses dirigentes sabem disso e estao à espera de serem mudados. Afinal de contas ou eram mercenários politicos ou mesmo nao sendo mercenários sao simpatizantesw do partido PAICV ou amigo dos anteriores governantes e como tal sabem que estao de saida. Que venha outros desde3 que tenha igual competencia mas que dá confianca. So nao se devem mudar onde nao existem quadros com competemncia. Nisto tudo estamos claros.

  9. observador

    CI? a Leonesa levou com a cruz e a trindade dos militantes do PAICV porque para eles ela escolheu só gentes do MPD para a administração. Agora as gentes do MPD dizem que são do PAICV. em cabo verde parece que está tudo dodu

  10. Patareza

    E alguem esqueceu de mencionar a ASA.. O Mário Paixao fez u que fez… Está cheio de dinheiro e casa no estrangeiro e o Sandro continua na mesma senda… Só quer gahar dinheiro. E a malta do PAICV está a aproveitar e a preparar o asalto à Camara a ciusta da ASA. Vejam só como estão posicionado a familia da Deputada médica do PAICV e a familia CULA.. Veja só quem foi o ASSSESSOR do Sandro durante os primeiros tempos . Foi para a reforma e continua a prestar serviços ASA pois levou todas as passowds e as chaves da ASA…

  11. UVID IMPE

    E kel diretor de EICM exe k tt bai ptal na rua tb…essim kexe ex aluno ke txa Matematica t pode resolve sexe problema e ja agora delegado escolar tb ê pa da se bic ne cu e comandante regional da PN li na SV tb…TE SIRVI SO PASSEA FAMILIA NA CARRO DE ESTADO E PUNI AGENTES K ABORDA GENTE DE SE RELACIONAMENTO(ENTEADO),um ta na tribunal ote ta na EMS…

  12. UVID IMPE

    MAS PA PTA NA RUA:DRAISS EX OFICIAL PN REFORMADO E T TRABAIA COMO XEFE DE SEGURANÇA DA ENAPOR,DIRETOR DE ALFANDEGA DE MINDELO(OTAVIO) K T XTOD T AUTORIZA SAIDA DE BAGAGENS DE SEXE AMIGO(FRANKLIN SPENCER,MANEL CABRAL)ATRIBUINDO VALOR MININO QUANDO ERA PA BAI PA RG,GALO(ANTONIO RAMOS)VIGIA DA ENAPOR NEM XCREVE SE NOME ELE SABE MAS GRANDE BUFO K TA LA,BARBA D`OR XEFE DE POLICIA FISCAL INCOMPETENTE SEM IGUAL E OUTROS…

  13. Francisco andrade

    O IFH está tecnicamente falido.Eu defendo que as casas dos cidadãos sejam remodeladas em vez de fazerem grandes construções como ” Casa Para Todos”. poupava-se dinheiro e evitava problemas de pessoas de diferentes bairros. Um exemplo disso é o desentendimento de famílias no complexo ” casa Para todos ” em R de Julião. A PN é sempre chamada para resolver conflitos. Sou a favor do trabalho que o vereador Rodrigo juntamente com a CMSV vem fazendo com os munícipes.

  14. Manuel Santos

    Mas é preciso mudar determinadas pessoas que têm dado cabo da Empresa TACV, determinadas chefias intermédias que fazem jogos com todos os Conselhos de Administração que entram e lá continuam fazendo as suas asneiras. Um exemplo concreto da DELEGADA REGIONAL NORTE que já está no cargo quase vinte anos. Isto é um absurdo, sobretudo para quem tem tido um péssimo desempenho ao longo de todos esses anos e que só preocupa com assuntos que nada têm a ver com a actividade comercial da Empresa que representa na Região Norte.
    Para elucidar, vejamos o que acontece com a linha S. Vicente/Lisboa/S. Vicente em que a TACV foi a primeira companhia a abrir a linha com uma frequência semanal. Inicialmente o voo teve bom desempenho porque não havia concorrência directa. Um ano depois aparece a TAP logo com duas frequências semanais e a Delegação Regional nada fez para manter a taxa de ocupação. Ela preocupou foi com os seus benesses que retira da função de Delegada. Dois anos mais tarde a TAP introduz uma terceira frequência e com sucesso. Aliás se não tivesse tido sucesso nas duas frequências anteriores não introduziria uma terceira. Com isto nota-se claramente qual tem sido o papel dessa Senhora no desempenho comercial da TACV nesta Região. Imagine-se: agora fala-se na retirada da TACV na linha S.Vicente/Lisboa/S.Vicente porque não justifica manter um voo que é deficitário. A decisão é retirar o voo ou a Delegada que há quase vinte anos está no cargo e apresenta só prejuízos? O momento é propício para retirá-la da função, sobretudo numa altura em que se fala na possibilidade de limitar os mandatos dos eleitos municipais e, já assim, porque não limitar aqueles que nem se quer são eleitos?
    Caboverdianamente.

  15. roxana aguilera

    Nada de vista grossa todos querem a coorporação inocencio fora ,ate o PCA/Grupo Carnavalesco de Monte Sossego tem q ir a Licitação ..Lembro q os salarios e pençoes imoral tem prazo limitado e so’ e’ valido na terra 🙂

  16. KATANA

    CALMA PESSOAL nao conseguem arranjar um Chefe para as Tropas,, e ja estao com manias de LIMPEZA ETNICA

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.